fbpx
Famosos

Fernando Rocha recorda liberdade de humor em 2001: “Agora é só virgens ofendidas”

Fernando Rocha Esquema Fraudulento
Instagram

Fernando Rocha recordou o cartaz de um espetáculo que protagonizou há 20 anos.

Fernando Rocha encontrou uma “relíquia” em casa da mãe. Um cartaz de um espetáculo que protagonizou em Paços de Ferreira, no dia 28 de fevereiro de 2001. De seguida, partilhou a imagem na rede social Instagram e anexou-lhe uma reflexão sobre a liberdade de humor que existia naquela altura.

Encontrei esta relíquia na casa da minha mãe. 2001. Para quem não acredita, está aqui a prova de que eu já fui magrinho e não havia Photoshop“, lê-se no início da publicação.

Saudades do tempo em que podia contar piadas de qualquer coisa sem haver ofendidos. Apenas se riam e se divertiam. Eu cheguei a ver pessoas a escorregar pela cadeira abaixo e deitar-se no chão a rir e a limpar as lágrimas de tanto rir“, revelou.

Depois, Fernando Rocha deu mais alguns pormenores sobre esse episódio. “Uma vez, uma senhora mijou-se de rir. Só descobrimos porque o espetáculo acabou e ela não se ia embora, foi a última a sair, porque não queria que se visse as calças molhadas. Que maravilha! Éramos felizes de qualquer maneira“, contou.

Bicada aos críticos

Embora considere que já não existe tanta liberdade no humor, Fernando Rocha sublinhou que não irá adaptar o seu estilo a essa nova realidade. “Agora é só virgens ofendidas e politicamente corretos, mas com 22 anos já não vou mudar“, garantiu.

Leia também: José Castelo Branco culpa TVI por agressão de Zezé Camarinha: “Ele foi picado para fazer aquilo…”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News