Famosos

Djaló e Luciana Abreu. Processo de regulação do poder paternal volta ao início

Instagram

Tudo parecia encaminhado até que o segundo encontro de Yannick Djaló com as filhas, Lyonce e Lyannii, fez o processo de regulação do poder paternal voltar ao início.

Foi há cerca de um mês que o ex-futebolista conseguiu o que mais aguardava, rever as filhas que não via há dois anos. Tal como foi decidido, o encontro foi mediado por psicólogas especializadas. Segundo uma fonte judicial, em informações à revista Vidas, o primeiro encontro “correu lindamente” e as meninas até saíram a chamar “papá” a Yannick.

Porém, o caso mudou de figura no segundo encontro. As meninas já não quiseram estar com o progenitor e chegaram a chorar. Uma fonte revelou à publicação que o Yannick acredita que terá havido uma influência externa para esta reviravolta. Aliás, ele disse isto mesmo às psicólogas.

“Não faz sentido esta mudança de atitude quando tudo estava bem. De repente, as meninas pareciam que estavam com medo, foi uma reviravolta que não faz sentido”, disse. Esta atitude das crianças faz com que as psicólogas tenham que remeter o processo novamente à juíza responsável pelo caso.

Ou seja, o ex-futebolista não vai poder manter o encontro com as filhas até uma nova decisão judicial. Algo que está a deixar o ex-jogador de “rastos”, garante a fonte.

 

 

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News