fbpx
Famosos

Diogo Valsassina revoltado com os correios: “CTT Portugal. Vocês são uma vergonha”

Diogo Valsassina
Instagram

Diogo Valsassina recorreu às suas redes sociais para demonstrar a sua indignação com os correios.

Diogo Valsassina mostrou-se chateado com os CTT Portugal devido a uma encomenda sua e explicou os seus motivos. “Chegou a Portugal no dia 15 do mês passado. Até agora nem uma carta para levantar a encomenda ou para proceder ao processo de Alfândega. E ninguém me sabe dizer onde está a encomenda“, começou por dizer.

CTT Portugal vocês são uma vergonha que nem há palavras. Surreal. Tenham vergonha na cara“, concluiu, visivelmente chateado com a situação.

Veja aqui a publicação feita pelo ator nas Instastories:

Diogo Valsassina Correios
Instagram

Leia também: David Carreira partilha mensagem de amizade dirigida a Lourenço Ortigão

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Também estou quase na mesma situação, só que eu paguei tudo o se relaciona com os serviços de desalfandegamento (embora não tenha recebido nenhum comprovativo de pagamento por parte dos CTT). A minha encomenda chegou a Lisboa (vinda do Canadá), igualmente no dia 15/07, e, de acordo com o histórico de seguimento, também chegou no dia 16/07. Mas desde então que não se passa nada. Já liguei 4 vezes para o apoio ao cliente e tiveram, mais que uma vez, a lata de me dizer que está tudo certo. Por escrito, dizem-me que teve autorização de saída (e no site diz que sim), mas de nada me serve…. continuo a aguardar que chegue… nem sequer dizem que lamentam o atraso dos CTT. Ninguém pede desculpa de nada. Dizem que está tudo certo, mas claro que está é tudo errado. Estou farta de perder tempo com o assunto. Acho que ainda vou ter de escrever no livro de reclamações (o que também de pouco ou nada valerá, claro). Péssimo serviço. E os Media só podem andar a dormir.

  • Compreendem a “avalanche” de serviço que caíram sobre as alfândegas, com a decisão da união europeia de taxar IVA a todo e qualquer objeto extra-comunitário?
    Trabalhei lá, um contrato e sei que apenas “parava” na alfândega cerca de 1/10 dos objetos que entravam em Portugal. Agora imaginem os 100%.
    Em conversa com amigos que lá deixei, contaram-me que tiveram de sair da central em Cabo Ruivo e ir para um armazém nos arredores de LX, para poderem comportar com todo o serviço.
    Também não se esqueçam de que, tratando-se de impostos para o estado, só com ok da AT é que objetos são liberados…
    Valssassina, tu é que devias ter vergonha, de falar desse modo de uma empresa com mais de 500 anos e encarnas uma personagem na publicidade para uma empresa, que essa sim, devia ter vergonha por falsa publicidade. Sendo tu a cara dessa empresa, devias ter vergonha em usar o teu mediatismo para prejudicar o posto de trabalho de mais de 10000 trabalhadores.
    Se soubesses o que era trabalhar, não falavas assim…

ATV News