Famosos

“Dar de mamar a chorar”: Melânia Gomes fala das dificuldades da amamentação

Reprodução Instagram

Na Semana Mundial do Aleitamento Materno, Melânia Gomes partilhou nas redes sociais uma mensagem sobre uma fase mais complicada da sua vida. 

“Não é uma foto ‘pipi’ de instagram, é a minha realidade (e acredito que a de muitas mães também), por isso nesta Semana Mundial do Aleitamento Materno, vou contar-vos a nossa história”, introduziu a atriz, partilhando uma fotografia onde surge a amamentar a sua filha Mafalda.

No dia do nascimento da filha, a bebé “chorou a noite toda, num misto de fome e mil outras coisas”. Achando normal, Melânia não pediu ajuda, mostrando-se reticente relativamente ao suplemento.

No dia seguinte, a atriz tinha os “mamilos em ferida e uma cria esfomeada”. “Até que já muito desesperada, no segundo dia à noite, a Mafalda tomou uma dose mínima de suplemento. Vê-la a beber aquilo foi um misto de dor, por não estar eu a ser capaz de lhe dar aquela satisfação, e por outro lado alegria, por ver a minha filha feliz e saciada”, acrescentou.

No terceiro dia, a atriz já tinha a ajuda do suplemento: “O terceiro dia já correu melhor, relaxei e o primeiro leite apareceu, mas o suplemento continuou, para o bem de todos, com umas horas extra de sono. Fomos para casa (já com a minha real, mas tranquila, subida de leite) e a Mafalda começou a preferir beber o biberão e dormir na maminha (claro… quem não?)”.

“Com perda de peso e sem [a bebé] mamar bem”, Melânia resolveu ir a uma especialista, onde aprendeu um truque que fez toda a diferença.

“(…) entre mil outras coisas, a técnica do tubinho (beber o suplemento pelo tubo colado ao peito, dava-lhe a ilusão que o leite vinha dali, e assim estimulava a minha produção de leite). Graças a isso a Mafalda passou só a querer mama, tive assim uma segunda subida de leite, (com direito a febre, dores, dar de mamar a chorar, drenar a chorar, antibióticos, tudo). Mas resultou! A Mafalda começou a ganhar peso e fomos reduzindo o suplemento. Não retirámos ainda por completo, nem sabemos se o vamos fazer”, rematou.

View this post on Instagram

Não é uma foto “pipi” de instagram, é a minha realidade (e acredito que a de muitas mães também), por isso nesta Semana Mundial do Aleitamento Materno, vou contar-vos a nossa história. A Mafalda nasceu na noite de 31 de Maio, com 3,085kg. Assim que fomos para o recobro começou logo a tentar mamar. Nem ela nem eu sabíamos como isso se fazia, mas pensei que com o instinto a coisa ia lá. Os enfermeiros iam controlando e dando dicas, mas eu achava que doer fazia parte e que ia passar. Claro que chorou a noite toda, num misto de fome e mil outras coisas. Sempre achando que tudo fazia parte, eu tentava não incomodar ninguém… Apanhei vários turnos e vários profissionais, que tentavam ensinar-me o que era uma “boa pega” ou sugeriam o suplemento… Sabia que os bebés nascem com reservas e não precisam logo de leite, até porque só temos ainda colostro e isso basta-lhes, então resisti ao suplemento. No dia seguinte “acordo” (sim, entre aspas, pq obviamente não dormi), com os mamilos em ferida e uma cria esfomeada. Com o auxílio de toda a ciência (cremes, discos, protectores de silicone de mamilos, tudo!) e várias mãos de enfermeiras nas minhas maminhas, continuámos a nossa luta, sem sucesso. Até que já muito desesperada, no segundo dia à noite, a Mafalda tomou uma dose mínima de suplemento. Vê-la a beber aquilo foi um misto de dor, por não estar eu a ser capaz de lhe dar aquela satisfação, e por outro lado alegria, por ver a minha filha feliz e saciada. O terceiro dia já correu melhor, relaxei e o primeiro leite apareceu, mas o suplemento continuou, para o bem de todos, com umas horas extra de sono. Fomos para casa (já com a minha real, mas tranquila, subida de leite) e a Mafalda começou a preferir beber o biberão e dormir na maminha (claro… quem não? Lol)… Estava na verdade baralhada e não sabia o que fazer, nem nós! Com perda de peso e sem mamar bem, não era possível retirar o suplemento. Começa então uma nova luta, que quase fez com que eu perdesse o leite. Em desespero procurámos a @enf.carmenferreira que nos ensinou, entre mil outras coisas, a técnica do tubinho (beber o suplemento pelo tubo colado ao peito, dava-lhe a ilusão… CONTINUA NOS COMENTÁRIOS

A post shared by Melânia Gomes (@melaniagomes) on

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita.Apple Store Download Google Play Download

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News