fbpx
Famosos

Comunicação Social abafou notícias sobre a doença da filha de Luis Enrique

Luis Enrique Comunicação Social Abafou Notícias Sobre A Doença Da Filha De Luis Enrique

A notícia chocou o mundo do futebol na passada quinta-feira, mas sabe-se agora que a imprensa espanhola já estava à espera da notícia sobre a morte de Xana, a filha de nove anos de Luis Enrique.

De acordo com o jornal El Español a comunicação social do país e a federação de futebol fizeram um ‘pacto’ para que o caso de Xana estivesse longe das manchetes dos jornais e para que o processo de tratamento da menina não fosse alvo de atenções indiscretas.

Ora, na hora de anunciar a morte da menor, o próprio treinador, Luis Enrique, agradeceu a “discrição” com que o estado de saúde da menina foi tratado, uma vez que jornalistas e paparazzi respeitaram o pedido feito pela federação espanhola.

“Importa sublinhar o papel desempenhado pelos jornalistas, que atenderam à discrição que o protagonista solicitou com toda a lógica. Com a falta de escrúpulos e o gosto pela morbidade predominante, era fácil esperar o contrário”, escreveu o jornalista e filho do ex-ministro José Ignacio Wert no seu Twitter.

Antes da malfadada notícia ter sido dada à imprensa – logo após a renúncia de Luis Enrique ao cargo de selecionador -, a comunicação social foi confrontada com situações que levantaram a dúvida de que algo não estaria bem com a família do ex-selecionador.

Num dos jogos de qualificação da seleção espanhola para o europeu de 2020, contra Malta, o selecionador não esteve presente alegando “motivos familiares de força maior”. A partir daí começou a especulação em torno do sucedido e, para evitar a exposição da menor e da família de Luis Enrique “dissemos aos jornalistas que geralmente nos acompanhavam o que estava a acontecer e pedimos respeito”, disse um porta-voz da federação espanhola ao jornal El Español.

“Solicitámos expressamente a todos os meios de comunicação. Explicámos o motivo e pedimos que eles respeitassem a privacidade. (…) Assim também evitámos especulações. Contámos a verdade desde o momento em que alguém a quis saber e havia um tipo de compromisso verbal em respeitar a dor da família. (…) E a verdade é que as pessoas comportaram-se muito, muito bem e estamos muito gratos por isso. Estiveram à altura”, contou satisfeita a mesma porta-voz por ter sido possível manter a vida de Xana longe dos holofotes.

Sobre o caso, fontes de uma revista espanhola garantiu que “temos total respeito por uma pessoa que nunca divulgou nada da sua vida privada”.

Houve, no entanto,, um percalço com um site a avançar que Luis Enrique enfrentava um cancro de uma das filhas, mas a notícia acabou  por não ser replicada.

Para o jornalista Iñaki Cano – e numa clara referência à forma como o treinador foi tratado pelos adeptos e imprensa na altura do FC Barcelona – “Acho que este é um exemplo muito bom de como as coisas devem ser feitas, porque Luis Enrique não é exatamente o treinador mais querido. No entanto, ele pediu respeito e fico feliz que tenha sido mantido. (…) Eu acho que essa é uma mensagem para a profissão”.

Recorde-se que o treinador suspendeu a sua carreira em junho de 2019 para apoiar a sua filha.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News