fbpx
Famosos

Catarina Furtado preocupada com os refugiados: “As fotografias destroem-me”

Catarina-Furtado-4

Catarina Furtado é uma acérrima defensora dos direitos humanos. A apresentadora pronunciou-se, este domingo, 13 de setembro, sobre o campo de refugiados de Moria, situado na ilha grega de Lesbos, destruído por dois grandes incêndios.

A comunicadora esteve há alguns meses em reportagem no campo de Moria para mostrar ao mundo “as condições absolutamente desumanas onde cerca de 13.000 pessoas viviam”.

Agora, depois desta tragédia, Catarina Furtado deixou um texto de reflexão na sua conta de Instagram. A apresentadora recordou a conversa com Ali Shams Eddin, um jovem que conseguiu vir trabalhar para a Europa.

“Salvou-se! Então porque é que o encontrei outra vez nesta prisão a céu aberto? Porque ele não esquece o que passou de terrível nem quem lá continua! Trabalha para a Movementonthegroundofficial, uma das ONGs que estão no terreno a tentar dar o básico às pessoas a viver na rua neste momento devido ao incêndio que destruiu o campo”, referiu.

Catarina Furtado fez ainda um relato do horror que se vive nas ruas. “As fotografias das crianças a dormir na estrada destroem-me! Tanta futilidade à nossa volta e tanto drama humano para resolver”, complementou.

“Exigir que se evacue estas pessoas está ao nosso alcance! Hoje, a Humansbeforeborders organiza um protesto às 17h em Lisboa (Rossio) e no Porto (Campo dos Mártires da Pátria) para exigir a evacuação destas pessoas e mostrar como temos espaço para todos”, concluiu.

Leia também: Catarina Furtado partilha foto emocionante e deixa reflexão: “São crianças como as minhas”

Veja aqui:

View this post on Instagram

Campo de refugiados de Moria. Quando ainda existia. Há poucos meses, quando tive autorização para lá entrar e contar no meu programa @principesdonada as condições absolutamente desumanas onde cerca de 13.000 pessoas viviam. O @alishamseddin_ , foi um deles durante muito tempo mas conseguiu os seus documentos e foi trabalhar para a Europa! Salvou-se! Então porque é que o encontrei outra vez nesta prisão a céu aberto? Porque ele não esquece o que passou de terrível nem quem lá continua! Trabalha para a @movementonthegroundofficial, uma das ONGs que estão no terreno a tentar dar o básico às pessoas a viver na rua neste momento devido ao incêndio que destruiu o campo. As fotografias das crianças a dormir na estrada destroem-me! Tanta futilidade à nossa volta e tanto drama humano para resolver. Exigir que se evacue estas pessoas está ao nosso alcance! Hoje, a @humansbeforeborders organiza um protesto às 17h em Lisboa (Rossio) e no Porto (Campo dos Mártires da Pátria) para exigir a evacuação destas pessoas e mostrar como temos espaço para [email protected]! #moria #refugees #direitoshumanos #principesdonada #minhamissaodevida #naodeixarninguemparatras #humansbeforeborders #evacuatemorianow #evacuarmoria

A post shared by Catarina Furtado (@catarinafurtadooficial) on

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News