Famosos

Bárbara Bandeira: “Aos 9 anos ter escândalos em revistas foi algo que me fez crescer”

Nos passados dias 7,8,9 e 10 de março realizou-se mais uma edição da ModaLisboa. Várias foram as figuras públicas presentes neste evento mas Bárbara Bandeira foi uma das que mais chamou a atenção da imprensa. A cantora esteve à conversa com os jornalistas sobre o panorama musical em Portugal mas, sobretudo, sobre a forma como lida com a exposição pública em tão tenra idade.

A filha de Rui Bandeira revelou ter a agenda totalmente preenchida para o mês de agosto, com vários concertos, e garante não ter dúvidas de que o universo musical não está em crise: “A música não está em crise. Aliás, cada vez mais se consome música portuguesa. Acho que as rádios nunca tocaram tanto música portuguesa. Fui muito bem recebida. Portanto, a mim nunca me vão ouvir dizer que a música está em crise porque não tenho razão de queixa. Portugal sempre foi um país que me abriu muito as portas e me abraçou. Acho que a música está em crise para algumas pessoas que não se estão a conseguir adaptar à indústria neste momento”, explicou a artista.

Com apenas 17 anos e uma carreira musical a dar, ainda, os primeiros passos Bárbara Bandeira conta já com quase meio milhão de seguidores no Instagram. A artista, no entanto, não atribui a si a autoria de tanto sucesso: “Não fui eu que escolhi ser uma influência. Foram eles que me escolheram e que me quiseram ver como. Recebi isso de braços abertos”, contou.

Já sobre as polémicas em que tem visto o seu nome ser envolvido Bárbara não quis aprofundar muito o tema mas admitiu acreditar que se tratam de ossos do ofício que escolheu: “Aos nove anos ter escândalos em revistas foi algo que me fez crescer e habituar-me a isto agora com 17 ou 18. Estou a reagir a tudo naturalmente. A exposição é fruto daquilo que eu quero fazer. Para ser cantora não posso não ser conhecida nem ser falada. Nem quero”, concluiu.

ATV News