Famosos

Ausência de Isabel II na capa da Vogue está a gerar polémica em Inglaterra

Instagram

Meghan Markle foi convidada para assumir o papel de editora na Vogue britânica, mas nem tudo está a correr bem. Tudo porque a ex-atriz não colocou na capa da revista a rainha Isabel II. 

Na capa da edição especial estarão mulheres que merecem a sua maior admiração pela forma como se afirmam, quer pela profissão que desempenham, quer pelos seus ideais. Jacinda Ardern, Salma Hayek Pinault, Laverne Cox, Jameela Jamil, Yara Shahidi e Gemma Chan, Christy Turlington Burns, Adwoa Aboah, Adut Akech, Ramla Ali, Sinead Burke, Francesca Hayward, Jane Fonda, Greta Thunberg e Chimamanda Ngozi Adichie, foram as escolhidas.

Todavia, a seleção não está a ser bem acolhida pelos britânicos, que apontam o dedo à duquesa por não ter incluído a rainha Isabel II na capa. A eurodeputada, apoiante do Brexit, Ann Widdecombe disse ao jornal Sun que “A realeza não apenas tem que se manter fora da política, mas deve ser vista para se manter fora da política”.

Já Ingrid Seward, da revista Majesty, garantiu ao Sun que “A duquesa de Sussex fez um enorme favor à empresa Conde Naste [a editora da revista] e um muito mais pequeno à Casa de Windsor”.

A Vogue Britânica pediu à duquesa para se juntar também à capa, mas esta terá recusado por achar que isso seria “arrogante” da sua parte.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News