fbpx
Famosos SIC

Atriz Rosa do Canto sozinha e desanimada nesta época festiva

Rosa Do Canto Atriz

A atriz Rosa do Canto adorava o natal, mas após a morte da mãe, celebra a quadra de forma triste, sozinha e desanimada, principalmente agora que uma sobrinha foi sujeita a um transplante duplo de rins.

Rosa do Canto integra o elenco da próxima novela da SIC, ‘Amor Amor’, onde dá vida a Lurdes, uma mulher que perdeu o marido e vive agora só para as filhas. “Está a ser um desafio muito agradável porque todos os atores vestiram muito bem as personagens. Eu divirto-me imenso com cada um deles“, começa por contar à revista TV 7 Dias.

E acrescenta: “a minha personagem é unia mulher que adora as filhas. A Joana Santos e a Mariana Pacheco são ambas atrizes fabulosas. A Lurdes é um bocadinho castradora, mas só por amor, porque não quer que as filhas saiam de ao pé dela, então vai inventando umas doenças para as reter“.

Aos 67 anos, Rosa do Canto tem tido vários desafios profissionais. “Felizmente, ainda não parei. Fiz o Golpe de Sorte. Fizemos depois urna paragem por causa do confinamento e a produção, simpaticamente, continuou a pagar às pessoas, o que foi agradável. Depois, retomei e, imediatamente a seguir, entrei em A Generala e fiz também a série Voltara Casa. Agora, agarrei este projeto“, frisa.

Já sobre esta época festiva, a Rosa do Canto assume que tudo mudou nos últimos anos. “Sempre gostei imenso desta época, agora causa-me alguma angústia, desde que morreram familiares muito próximos. O Natal era sempre passado em casa da minha mãe, mas infelizmente ela já faleceu há alguns anos. Depois, passava em casa de uma sobrinha. Este ano, uma das minhas sobrinhas teve que fazer um transplante duplo de rins por causa da diabetes. Agora, temos que ter imenso cuidado com ela, portanto vou passar o Natal em minha casa só com uma amiga minha que também não tem cá família“, conta.

A artista tem boas recordações do Natal e lembra que “em criança adorava o Natal. Lembro-me que a minha mãe me deu uma espécie de Nenuco e meteu-o no sapatinho como se fosse o Pai Natal. Os Natais eram sempre agradáveis e, como faço anos a 6 de janeiro, havia sempre festa esse tempo todo. A mesa estava sempre posta, era uma tradição“.

Já sobre a passagem de ano, tudo muda: “Nunca achei graça. Possivelmente, vou passá-la sozinha em casa.

A personagem de Rosa do Canto em ‘Amor Amor’, na SIC, pertence ao mesmo núcleo de Ivo Lucas e a atriz mostra-se muito abalada com a tragédia que o colega está a viver. “É um miúdo novo e é um momento de grande consternação“, conta, acrescentando que “a personagem dele ia fazer de namorado da minha neta na história. Íamos contracenar bastantes vezes.

E não poupa nos elogios ao talento de Ivo lucas: “Além do trabalho como ator, o Ivo canta extraordinariamente bem. Espero que regresse bem, deve estar completamente adormecido. Espero que ele supere esta perda, esta dor, que deve ser tremenda, e que o deixem viver.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News