fbpx
Famosos

Após 15 anos, caso de Madeleine McCann vai ser arquivado: “Foi um amontoar de mentiras…”

Madeleine Mccann, Pais
Reprodução CNN

Madeleine McCann desapareceu há 15 anos.

15 anos e 15,5 milhões de euros depois, Madeleine McCann continua desaparecida e o processo pouco avançou. As autoridades policiais britânicas vão encerrar o caso em outubro deste ano. Gonçalo Amaral, ex-inspetor-coordenador principal da PJ já reagiu à notícia em declarações à TV Guia.

“Caso seja verdade a intenção da polícia britânica em encerrar a dita investigação, ou melhor, a construção de um falso suspeito, só vem comprovar tudo aquilo que está escrito no meu livro Maddie: Basta de Mentiras, publicado em outubro de 2021. Ou seja, ao longo dos últimos anos, com o apoio e o beneplácito das autoridades portuguesas, criou-se um suspeito, mas o trabalho da polícia britânica, dos alemães e portugueses, foi o amontoar de mentiras a custo de muito dinheiro”, revelou.

Francisco Moita Flores, outro ex-inspetor da PJ considera que todo o processo foi um “desastre”. “Aquilo que era preciso fazer nunca foi feito: a reconstituição do caso. Sabe-se, pelas declarações prestadas no processo, que, entre os presentes, alguns mentiram quando relataram o desaparecimento da criança. E a solução deste enigma estava aí. Tentaram manipular a informação, inventando. O processo foi inquinado por uma manipulação sórdida para proteger os pais”, explicou.

Leia também: Madeleine McCann desapareceu há 15 anos! Pais não perdem a esperança

ATV News

<>