fbpx
Famosos

António Raminhos admite que ainda não está curado: “Esta semana foi carregada de medos”

António Raminhos
Instagram

António Raminhos sofre de ansiedade e de um transtorno obsessivo-compulsivo. Ainda não está curado e nem sabe se um dia estará, mas quer acima de tudo conseguir aprender a conviver com a sua própria cabeça.

“Não sou uma pessoa que está curada. Longe disso. Ainda esta semana que passou foi carregada de medos, incertezas, pensamentos obsessivos, em loop, que me venciam pelo cansaço”, começou por desabafar o humorista, esta segunda-feira à noite, nas redes sociais.

“Não sou uma pessoa que está curada… e já lá vai o tempo em que isso me causava uma angústia desmedida. Hoje, quando surge esse temor, é uma voz com a qual consigo conviver bem. Quer dizer, melhor”, assumiu.

“Não é diferente de tantos outros «e se» que já tive. Não é diferente de tantas outras dúvidas que me acompanharam ao longo da vida. Não é isso que quero. A cura. Se ela vier, tudo bem. Do que me adianta ficar expectante com algo que não sei se alguma vez vai acontecer? Não é outro tipo de obsessão? De ansiedade? Procuro as respostas, procuro ajuda, soluções, e sim, se ela vier, cá estarei. Mas o que realmente quero é aprender a conviver com a minha cabeça. Sem olhar para o passado, nem para o futuro. A aceitar aquilo que me acompanha. O que quero é encontrar paz na dúvida”, afirmou António Raminhos.

“Que a vossa busca seja também frutuosa. Seja pela cura ou por algo que vos traga paz. Os nossos dias são como as estações do ano, podemos não gostar de todos, mas todos eles estão cá para nos dar algo”, finalizou.

Leia também: António Raminhos em modo macabro: “Coisas que gostaria de fazer num cemitério”

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News