fbpx
Famosos

Angie Costa revela dias difíceis após o parto: “Foi uma montanha-russa de emoções”

Angie Costa Miguel Coimbra
Instagram

Martim, filho de Angie Costa e de Miguel Coimbra, nasceu no dia 28 de agosto.

Apesar de a gravidez ter sido muito planeada e o concretizar de um sonho, Angie Costa sentiu alguma ansiedade nos dias que se seguiram ao parto.

A minha gravidez foi maravilhosa, não tive nenhum problema, e o parto foi cinco estrelas, tudo perfeito! O Martim chegou e foi ótimo, mas quando fomos para casa não estávamos preparados para a chegada de um novo membro. Foi uma montanha-russa de emoções“, contou numa entrevista conjunta que ela e o companheiro deram à revista Lux.

Miguel Coimbra, por sua vez, garante que não sentiu qualquer angústia, mas sim “uma vontade de viver incrível“.

Isso é uma coisa que acontece com as mulheres, mexe muito com o psicológico e com as hormonas… É tudo muito químico. Comigo não aconteceu. O que me corre no sistema nervoso é: «Estou aqui para o que for preciso, para ajudar. Nós somos uma dupla e para funcionar bem temos que dar todos o máximo!»…“, explicou.

Vi o Martim a crescer durante nove meses na barriguinha da mãe e sei que é duro, não é nada fácil, as mulheres passam por muitas coisas e nós, às vezes, não percebemos bem… Para mim, é importante fazer um esforço para perceber e fazer o melhor possível. Ele nasceu e agora estou à disposição para tudo! Essa é a razão por que as coisas correm muito bem entre nós“, acrescentou.

Durante a mesma entrevista, Anige Costa foi questionada também sobre o motivo pelo qual Miguel Coimbra é a pessoa certa para ser seu companheiro e pai do filho. Respondeu assim: “Porque tem os mesmos ideais do que eu, no que toca à família e a tudo o que nos rodeia. Percebi que ele era o pai perfeito para os meus filhos“.

Leia também: Angie Costa derrete fãs com novo vídeo do bebé: “Meu coração”

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News