Famosos

Angelina Jolie está a trabalhar para reconquistar Brad Pitt

Getty Images

Protagonizaram um dos casamentos mais mediáticos de Hollywood, mas também uma das separações mais badaladas. Angelina Jolie e Brad Pitt contracenaram em Mr. & Mrs. Smith e decidiram criar uma família, tendo juntos seis filhos: três adotados e três biológicos.

Foi em 2016 que a atriz pediu o divórcio por “diferenças irreconciliáveis”, mas nunca foram assinados os papéis, apesar de terem levado às barras do tribunal a custódia dos filhos, com Brad Pitt a ser investigado, inclusivamente, por suspeitas de abusos sexuais às crianças.

Agora, e quase quatro anos volvidos desde a separação, o The Sun avança que a atriz está a arrastar o processo de divórcio, apesar dos tribunais norte-americanos já terem confirmado o mesmo, uma vez que acredita ser possível a reconciliação, tendo já invocado esse mesmo motivo ao ex-companheiro, de acordo com uma fonte ouvida pelo jornal.

A fonte garante que “Ela gostavam que todos voltassem a ser uma família de novo, por isso é que está a dificultar a vida ao Brad com as negociações do divórcio”.

Se Angelina Jolie acredita que o casal sensação “Brangelina” pode ainda voltar, Brad Pitt rejeita a ideia de uma reconciliação, mas defende que pelo bem-estar dos filhos está disposto a ter uma relação harmoniosa com a agora ex-mulher.

Segundo o portal norte-americano The Blast, o casal passou de casado a divorciado em março deste ano, uma vez que os dois atores optaram pelo chamado “julgamento bifurcado”, uma figura jurídica que no direito norte-americano lhes permite obter de imediato o estado civil de solteiro, enquanto continuam a negociar os detalhes da separação, detalhes esses que estão a ser de negociação difícil por causa da atriz.

ATV News