fbpx
Famosos

Ana Bola sobre Maria Vieira: “Transmite um ódio profundo e uma raiva sem medida”

Ana-Bola-Maria-Vieira

O cineasta Vicente Alves do Ó utilizou a sua conta de Facebook, este domingo, 28 de junho, para fazer uma apreciação sobre Maria Vieira.

“A tristeza profunda de tudo isto. A tristeza profunda no rosto dela. Os olhos. Estes olhos cheios de tristeza. De quem não acredita em mais nada. Olhos de quem grita a sua tristeza e a sua tragédia. De atriz de comédia a trágica. Que triste, tudo isto”, pode ler-se juntamente a uma fotografia da atriz.

O cineasta português considerou que não reconhece Maria Vieira: “Que tristeza tão grande disfarçada de ilusão política. Como se dentro deste corpo morasse a sombra doutra pessoa. Quem foi essa pessoa? Quem é esta sombra de mulher? É como se uma desconhecida tomasse conta do corpo duma pessoa amiga, de longa data, que conhecemos de sempre. Alguém cá de casa e que nos fez rir tantas vezes. Quem és tu? – diria o texto de Garrett. Quem és tu?”, perguntou.

A tristeza profunda de tudo isto. A tristeza profunda no rosto dela. Os olhos. Estes olhos cheios de tristeza. De quem…

Publicado por Vicente Alves Do Ó em Domingo, 28 de junho de 2020

Ana Bola, que já teve uma boa relação com Maria Vieira decidiu comentar a publicação e dar a sua opinião.

Bom, esta foto é de uma personagem de um filme. O que ela transmite mais, quanto a mim naquela tristeza de ontem (manifestação do partido CHEGA) é um ódio profundo e uma raiva sem medida. Triste estará muitas vezes, com certeza, basta ter deixado de ser quem era“, salientou.

Ana Bola falou sobre a tristeza de Maria Vieira. “A Maria anda triste e revoltada há muitos anos por várias razões. Acho que transformou essa tristeza em ódio por tudo o que mexe e sobretudo por quem tem sucesso na profissão…“, referiu.

Ana considera que a atriz tem duas personagens fictícias dentro de si: “A que convivia connosco, que se divertia, que se soltava, e a outra… Submissa, controlada, induzida a ser má, a contar as linhas de texto que tinha em relação aos outros, questionada se lhe tinham feito planos e se tinha conseguido dizer e cumprir as indicações que trazia de casa, depois com o trabalho no ar ser confrontada com as críticas de não ter feito como a tinham mandado, etc, etc… Isto dá cabo de qualquer um”, concluiu.

Veja aqui:

Ana-Bola

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

1 Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News