agir revoltado ataque homofobico

Agir revoltado com ataque homofóbico em Portugal: "Isto é inaceitável..."

22 Maio 2022
Adicionar comentário

O músico Agir não ficou indiferente a um vídeo que está a circular nas redes sociais, que relata um alegado ataque homofóbico filmado durante uma viagem de comboio em Portugal.

Um vídeo que está a circular nas redes sociais, mostra uma uma mulher visivelmente alterada, que no meio de uma discussão com um jovem resolve insultá-lo tendo por base a sua orientação sexual. Agir não conseguiu ficar indiferente às imagens em questão e mostrou a sua indignação.

“Por mais compreensível que se tente ser e por mais que saibamos que nem todos tiveram a mesmo educação, é-me impossível não sentir nojo e repúdio por alguém assim. Acho mesmo que uma pessoa destas é praticamente irrecuperável. Faz-me ver que, infelizmente, o mal existe mesmo. Esta pessoa tem maldade pura dentro dela. Pode até ser perigosa para os que a rodeiam. É imperativo chamar a polícia numa situação destas”, começa por dizer o músico.

“Em pleno séc. XXI isto é inaceitável. Imagens destas fazem-nos sair da nossa bolha e dão-nos um choque de realidade que nos abala por completo. No meu grupo de amigos ninguém pensa nem fala assim e, por isso, penso que as coisas já mudaram mas depois vejo isto e percebo que ainda há tanto, mas tanto por fazer, acrescenta Agir.

“Não são homens de saia que nos devem envergonhar mas sim seres humanos destes”, concluiu.

Também Rita Pereira mostrou a sua revolta com a passividade de quem assistiu ao vivo ao alegado ataque.

Artigo seguinte
Adicionar comentário