fbpx
Famosos

Agir revela como foi a sua ida ao supermercado

Agir Agir Revela Como Foi A Sua Ida Ao Supermercado
Instagram

Agir foi pela primeira vez às compras, após ter sido declarado o estado de emergência no país. O cantor partilhou com os fãs como foi a sua experiência.

“Fui pela primeira vez ao supermercado desde a chegada desta quarentena e ia cheio de medo, achando eu que iria encontrar um “Faroeste” de “Cowboys” chefes de família a correr atrás dos “pele vermelha” papéis higiénicos para limpar a terrível diarreia mental que o pavor que o Covid-19 lhes provocara fazendo-lhes achar que deveriam adquirir e acabar com o stock do estupidamente imprescindível papel higiénico para mais de um ano.”, começou por afirmar.

No entanto, ficou surpreendido com o cenário que encontrou.

“Mas qual não foi o meu espanto, quando me deparei com relativamente pouca gente, ordeiramente levando somente o necessário, respeitando a distância social, preocupada mas esboçando, ainda assim, sorrisos com o olhar através das máscaras cirúrgicas descartáveis”, contou.

“Fez-me acreditar, que quando realmente é preciso e depois do pânico repentino passar, o ser humano tem o comportamento cívico certo e adequado. Mesmo na tempestade esperaremos juntos (ainda que separados  e esperançosamente pela bonança. Boa Quarentena”, acrescentou.

View this post on Instagram

Supermercado Ontem fui pela primeira vez ao continente desde a chegada desta quarentena e ia cheio de medo, achando eu que iria encontrar um “Faroeste” de “Cowboys” chefes de família a correr atrás dos “pele vermelha” papéis higiénicos para limpar a terrível diarreia mental que o pavor que o Covid-19 lhes provocara fazendo-lhes achar que deveriam adquirir e acabar com o stock do estupidamente imprescindível papel higiénico para mais de um ano. Mas qual não foi o meu espanto, quando me deparei com relativamente pouca gente, ordeiramente levando somente o necessário, respeitando a distância social, preocupada mas esboçando, ainda assim, sorrisos com o olhar através das máscaras cirúrgicas descartáveis. Posso ter tido sorte e provavelmente tive, porque sei de relatos de pessoas que viveram um verdadeiro pesadelo, mas esta minha sortuda experiência fez-me acreditar, que quando realmente é preciso e depois do pânico repentino passar, o ser humano tem o comportamento cívico certo e adequado. Mesmo na tempestade esperaremos juntos ( ainda que separados ) e esperançosamente pela bonança. Boa Quarentena.

A post shared by agirofficial (@agirofficial) on

Tags
Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News