fbpx
Famosos Música

Adeus, Carlos do Carmo. Diogo Clemente dedica texto emocionante ao fadista

Carlos Do Carmo

Carlos do Carmo morreu no dia 1 de janeiro, aos 81 anos. Esta segunda-feira, dia 4, decorreram as cerimónias fúnebres.

Por entre as várias figuras públicas que quiseram prestar um último adeus a Carlos do Carmo, esteve o músico Diogo Clemente. Na rede social Instagram, partilhou uma fotografia tirada em frente à Basílica da Estrela, em Lisboa, e com um emocionante texto anexado.

Há acontecimentos que são maiores e tão mais violentos que não temos capacidade de os processar. Há uma anestesia. Quando acordamos dela, é como alguém nos bater à porta e entram mil pessoas pela casa: não sabemos responder, só sabemos que já estamos no lugar real“, lê-se no início da publicação.

Ontem foi assim, quando vi passar o Carlos à minha frente. E de repente percebi que não o voltava a ver. E estava ali, a tocar o Lisboa Menina e Moça, para ele, e ele não cantava. Ficámos todos com a vontade de tocar eternamente, como crianças a ver o pai a ir embora. Adeus, Carlos“, lê-se ainda no mesmo texto.

De acordo com a informação tornada pública, Carlos do Carmo foi vítima de um aneurisma.

Leia também: Teresa Guilherme felicita Júlio Isidro em dia de mais um aniversário

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News