fbpx
Cabo Globo

Recorde a história de «Chocolate com Pimenta»

Logo Chocolate Com Pimenta Recorde A História De «Chocolate Com Pimenta»

Regressa na próxima segunda feira ao nosso país a novela Chocolate com Pimenta, através do canal Globo, exclusivo NOS. A partir das 19h a novela volta a ser exibida, a pedido dos portugueses. Assim, o A Televisão recorda-lhe a história que dá o mote à trama de Walcyr Carrasco.

A novela atravessa duas fases, ambientando-se nos anos 1920. No início da trama, em 1922, a camponesa Ana Francisca (Mariana Ximenes) perde o pai e passa a viver em Ventura, com um ramo da família nunca antes conhecido: a avó Carmen (Laura Cardoso), o tio Margarido (Osmar Prado), os primos Timóteo (Marcello Novaes) e Márcia (Drica Moraes) e a prima adotada Dália (Carla Daniel). 

Para ajudar em casa, Aninha trabalha como empregada de limpeza na fábrica de chocolates, principal motor económico da cidade. Já o dono da fábrica, Ludovico (Ary Fontoura), vive em Buenos Aires para tratar da saúde frágil, tendo deixado a gestão da empresa à sua irmã mais nova, a sem escrúpulos Jezebel (Elizabeth Savalla). A vilã vive a provocar desfalques nos negócios, até que Ludovico se apercebe da queda vertiginosa dos lucros e decide regressar a Ventura, para compreender o que se passa.

Ao chegar à fábrica, Ludovico tem uma forte discussão com Jezebel e acaba por se sujar de chocolate. Todo pegajoso, veste uma farda de operário e encontra Ana Francisca, que está a limpar a casa de banho. Ana deduz imediatamente que se trata de um carregador da fábrica, e sem o peso da hierarquia, desenvolve uma boa amizade com o patrão. Comovido com a simplicidade da jovem, Ludovico não desfaz o mal-entendido. 

Ana estuda no colégio local como todos os jovens da cidade. Apesar de bonita, é uma espécie «patinho feio», com os seus vestidos pobres, penteados antiquados e óculos partidos. Mesmo assim, a tímida Aninha chama a atenção de Danilo (Murilo Benício), o rapaz mais bonito da escola. Acontece que Danilo é a grande paixão de Olga (Priscila Fantin), a bela e mimada filha do delegado da cidade, que não mede esforços para conquistar o galã. Olga vê em Ana um obstáculo a ser removido do seu caminho.

Aproveitando-se da obsessão de Danilo, que faz de tudo para conseguir um beijo seu, Olga prepara um plano e anuncia que só vai aceitar os seus cortejos se ele humilhar Ana em público. Decidido, o rapaz convida Aninha para um passeio de carro, deparando-se, no entanto, com um fator inesperado. Afinal, há algo de especial na rapariga dos óculos, algo mais do que um simples capricho. Tarde demais para conclusões inesperadas – no momento em que Danilo se prepara para beijar a protagonista, a turma do colégio, chefiada por Olga, sai dos esconderijos e vaia Ana Francisca estrondosamente. Enquanto todos se divertem com a situação, Ana foge humilhada. O seu primeiro beijo tornou-se em motivo de piada.

No entanto, o episódio não faz de Olga vencedora, já que Danilo se apaixona realmente por Ana Francisca, procurando-a para pedir perdão. O casal começa a namorar, para o horror da vilã, de toda a turma do colégio e da família de Danilo, que o vê envolvido com uma jovem humilde. Um dia, Ana descobre que está grávida de Danilo, mas não chega a contar-lhe a novidade. Graças a uma artimanha de Olga e da tia do rapaz, Bárbara (Lília Cabral), o casal separa-se.

Ao ver o sofrimento de Ana, Ludovico fica comovido e revela a sua verdadeira identidade. Casa-se com ela para dar um nome à criança e leva-a para Buenos Aires, onde Ana Francisca começa uma vida nova. Recebe aulas de etiqueta, dança e música, corta o cabelo de acordo com a última moda, recebe de Ludovico vestidos finos, jóias e peles, e transforma-se numa linda e refinada mulher.

O milionário vê o nascimento do filho de Ana, Tonico (interpretado por Guilherme Vieira, na segunda fase), mas morre pouco depois. A perda de Ludovico é mais um golpe de dor para Ana, mas, corajosa, ergue a cabeça e enfrenta o futuro. A sua primeira providência é renovar o guarda-roupa. Compra peças negras, como convém a uma viúva, mas apimenta as roupas com decotes, faixas e echarpes de seda. «De triste, basta a cor», diz a sua fiel governanta, Dona Mocinha (Denise Del Vecchio).

A história chega à segunda fase. Decidida a vingar-se de todos os que a ridicularizaram, Ana regressa a Ventura, sete anos depois da sua partida, mais bela do que nunca. Agora é uma rica senhora, acionista maioritária da fábrica de chocolates. A cidade recebe-a com grandes honras. Todos parecem ter-se esquecido que a tratavam com desprezo e dão um baile em sua homenagem. No dia da festa, Ana chega em grande estilo com a avó, agora vestida como uma nova rica, com o filho e os primos.

Enquanto isso, Danilo está noivo de Olga, mas não deixou de ser o típico conquistador. Vive na boémia, não se quer casar e só está noivo por insistência da família. Ana Francisca reencontra o grande amor da sua vida, mas o entendimento não é imediato: ele acha que Ana Francisca o traiu, casando-se com Ludovico por causa do seu dinheiro, ela quer distância do rapaz por achar que ele a abandonou quando mais precisava do seu apoio. O que nenhum dos dois admite é que são, na verdade, eternamente apaixonados um pelo outro.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News