fbpx
Cabo

O aTV falou com Billy Bob Thornton sobre final de «Fargo»

Billy Bob Thornton O Atv Falou Com Billy Bob Thornton Sobre Final De «Fargo»

Fargo - Pictured: Billy Bob Thornton As Lorne Malvo. Cr: Chris Large/Fx

Neste domingo foi transmitido pelo canal TVSéries o último episódio de Fargo, série escrita por Noah Hawley, baseada no clássico de cinema homónimo da autoria dos irmãos Coen, e com um elenco com caras bem conhecidas do público, tais como Billy Bob Thornton, Martin Freeman, Colin Hanks, e Bob Odenkirk. A estação de televisão americana FX promoveu uma conferência telefónica com Billy Bob Thornton, e com a ajuda do canal TVSéries, o A Televisão esteve presente na conversa com o ator americano.

Considerando a longa lista de adaptações para a TV de clássicos de cinema, os quais nem sempre estão à altura do conteúdo original, uma das maiores preocupações em relação a Fargo é naturalmente a dificuldade de manter os mesmos padrões, porém, Billy Bob Thornton afirmou ter ficado bastante satisfeito com o guião do episódio piloto. «Quando li o guião do piloto pude verificar quão bom estava», confessando que se não o tivesse feito provavelmente teria ficado preocupado. Contudo, o trabalho de Noah Hawley quase parecia ter sido «escrito pelos irmãos Coen», o que «dissipou quaisquer preocupações.»

Mesmo tendo trabalhado anteriormente com os irmãos Coen, e ter escrito alguns projectos para a televisão, o ator não sentiu necessidade de estar presente no processo criativo de Fargo, pois, «estava tão bem escrito, foi como quando trabalhei com os irmãos Coen no passado».

A frase inicial, «Isto é uma história real», que também está presente no filme original, parece ser o incentivo ideal para o telespectador olhar para este universo ficcional de uma maneira completamente diferente. Billy Bob Thornton considerou que este elemento ajudou o enredo, pois «mesmo sabendo intelectualmente que não é uma história real», facilmente se abstrai do facto que se tratar de uma série de TV, e «é na verdade o que se quer que o público sinta quando se faz um filme, ou uma série.»

Apesar da natureza sombria, misteriosa e sinistra da sua personagem em Fargo, Billy Bob confessou que não deixa que isso influencie a sua vida privada. Mencionando que nunca teve problemas com essa questão. «Consigo facilmente ir para casa e fazer uma omeleta», brincou o ator. Tendo, contudo, revelado que gostou de interpretar pela primeira vez uma personagem sem consciência. «Ele não se preocupa com as consequências», reforça o ator americano.

Em relação a Malvo, Billy Bob Thornton revelou que foi a primeira vez que deu vida a um personagem que não tem um passado definido. Este escolheu não criar um passado para a personagem, pois, daria demasiadas explicações para o modo como ele age.

Analisando o episódio final da série, o ator de americano de 58 anos confessa que ficou bastante satisfeito, pois Fargo teve um começo, um meio e um fim, tendo comparado a série a um filme de dez horas, não só pela forma como foi criado o guião, mas também pela forma como foi filmado.

Sobre a possibilidade de uma segunda temporada, Billy Bob Thornton refere que há a necessidade de se criar uma nova história, novas personagens, mas que se fizessem isso estaria completamente disposto a acompanhar semanalmente, mesmo não estando directamente envolvido no projecto.

A primeira temporada de Fargo volta novamente a ser exibida na íntegra pelo canal TVSérie a partir de quinta-feira, dia 17 de julho às 23h30.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News