Cabo

National Geographic exibe documentário sobre incêndio na Catedral de Notre-Dame

Com estreia marcada para dia 15 de setembro, às 22h30, no canal National Geographic, o documentário ‘Notre-Dame: Luta Contra o Inferno’ acompanha as ações e todas as decisões tomadas pelos primeiros socorristas do incêndio que deixou o mundo de olhos postos em Paris.

Desde os primeiros momentos cruciais, quando uma missa é interrompida pelo alarme do detetor de fumo, passando pela luta de sete horas para manter a catedral de pé, até à manhã seguinte quando os investigadores começam a avaliar o cenário e a tentar descobrir a causa, o documentário desenvolve-se no centro desta catástrofe sem precedentes.

No dia 15 de abril deste ano, os noticiários enchiam-se de notícias sobre o incêndio que deixou o mundo perplexo – tratava-se da Catedral de Notre-Dame em Paris, um dos monumentos mais visitados do mundo que, aos poucos e poucos, era absorvida pelas chamas. Com centenas de horas de gravações que documentam este dia, a National Geographic reúne no documentário ‘Notre-Dame: Luta Contra o Inferno’, imagens raras e combina-as com relevantes entrevistas e reconstruções em 3D, de modo a delinear uma linha de tempo detalhada. As imagens acompanham o fogo devastador e as ações heroicas do Corpo de Bombeiros de Paris, enquanto enfrentam uma série de desafios aparentemente impossíveis, e tomam decisões complexas de vida ou morte com o objetivo de salvar este marco do Património Mundial.

Praticamente todos os recursos técnicos e humanos de Paris deslocaram-se até Notre-Dame para tentar impedir uma tragédia. Mais de 400 bombeiros de 60 quarteis locais; 13 equipamentos de combate a incêndios que ejetam quase 4.000 litros de água por minuto; dois barcos e uma rede hidráulica com centenas de metros de comprimento, para bombear água do Sena; e um robô Colossus de alta tecnologia capaz de subir escadas e suportar temperaturas extremas para combater incêndios. Enquanto se tentava combater as chamas, milhares de pessoas alinhavam-se nas margens do rio Sena e nas ruas ao redor da catedral, observado a catástrofe num silêncio inquietante.

O documentário relata ainda como se desenrolou toda a operação para travar o pesadelo das chamas. O general Jean-Claude Gallet, chefe do Corpo de Bombeiros de Paris, comandou os operacionais na praça em frente à catedral. O seu braço-direito e comandante de operações de resgate, o general Jean-Marie Gontier, implementou um plano preciso de combate com os bombeiros. Myriam Sudzinsky, chefe de bombeiros, foi uma das primeiras pessoas a entrar no cenário em chamas, subiu para uma saliência exterior perigosa de modo a conseguir bombear água até ao coração do fogo a mais de 1.000 graus de temperatura. O comandante Jérôme foi o primeiro a chegar ao local e Analise Borges, da Euronews, foi uma das primeiras jornalistas a entrar em direto com a notícia.

À medida que as chamas alastravam, os bombeiros enfrentavam condições cada vez mais graves. O vento varria as chamas através da estrutura do telhado, devorando as vigas de carvalho instaladas na Idade Média. O chumbo derretido saltava do telhado e dentro do edifício ameaçava obras de arte, vitrais e objetos de adoração, incluindo a Coroa de Espinhos supostamente usada por Cristo na sua crucificação. As colunas de fumo ficavam amarelas, sinal de que a combustão era extremamente tóxica. Quando o pináculo – instalado para substituir o original do século XIII, danificado no final do século XVIII – colapsou e perfurou a catedral em várias partes, foi dada ordem de evacuação. No entanto, um trabalho final tinha de ser feito dentro do campanário antes que a noite acabasse, de modo a garantir que os oito sinos gigantes não batessem na torre e com eles derrubassem toda a estrutura.

Iniciada em 1163 e construída ao longo de um século, a Notre-Dame de Paris sobreviveu a guerras religiosas, à Revolução Francesa e à ocupação Nazi durante a Segunda Guerra Mundial. Como é que uma tragédia desta magnitude apanhou todos de surpresa? Enquanto a investigação continua para descobrir as origens do incêndio – se foi a ponta de um cigarro atirada ao chão ou um curto-circuito –Notre-Dame mantém-se de pé para as futuras gerações, graças à resposta rápida e esforços incansáveis do Corpo de Bombeiros de Paris.

‘Notre-Dame: Luta Contra o Inferno’ foi produzido pela Galaxie Presse para a National Geographic. Na Galaxie Presse, os diretores foram Simon Kessler, Fabrice Gardel e Josselin Mahot, e o produtor executivo Thierry Caillibot. Na National Geographic, Matt Taylor é o diretor de conteúdo europeu e Marika Puiseux é diretora de programação e desenvolvimento em França.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita.Apple Store Download Google Play Download

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News