fbpx
Cabo

Manuela Moura Guedes abandona em direto o programa «A Barca do Inferno»

Barca Do Inferno Manuela Moura Guedes Abandona Em Direto O Programa «A Barca Do Inferno»

Barca-Do-Inferno

O programa de debate da RTP Informação que conta semanalmente com  Isabel Moreira, Raquel Varela, Manuela Moura Guedes, Sofia Vala Rocha e o humorista Nilton como moderador viveu esta segunda-feira um momento insólito que despertou comentários nas redes sociais.

Durante uma discussão entre Manuela Moura Guedes e a deputada do PS, Isabel Moreira, terminou com o apresentador do programa a exaltar-se com a ex-jornalista da TVI que acabou por abandonar o programa Barca do Inferno em directo acusando Isabel Moreira de lhe virar a cara.

O humorista que também apresenta o programa 5 Para a Meia Noite na RTP1 acabou por brincar com o momento estabelecendo um paralelo com um episódio semelhante com Santana Lopes. O programa prosseguiu entretanto com apenas três comentadoras.

Veja ou reveja aqui o momento:

https://www.youtube.com/watch?v=Lxb72FtnOG4

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

10 Comentários

Clique aqui para comentar

  • A Isabel Moreira é uma demagoga, mimada, mentalmente desequilibrada e, desde sempre, teve a conivência do Nilton para se comportar como quis durante o programa, desde o primeiro dia. Não esquecer que foi sua excelência que, gratuitamente, atacou a Marta Gaultier e ela saiu no dia seguinte do programa. Não que a MMG seja uma flor mas o serviço público de televisão não tem de servir de palco para o galinheiro que é aquele programa. Ainda acusou a colega de ter “problemas cognitivos”. Se calhar, não é a única.

    • Não vi nem tenciono ver esses debates (qualquer uma das intervenientes parece ser do mais intragável possível!) mas o procedimento da Manuela Moura Guedes mais uma vez é sem qualquer profissionalismo, pois mesmo que a outra senhora estivesse “enjoada” uma verdadeira profissional ignorava isso e continuava a dar o seu ponto de vista de forma respeitadora, o que a Manuela não consegue. Aliás, já nas suas célebres ‘entrevistas’ no Jornal Nacional se via isso, ela interrompia os convidados para dar os seus palpites, queria lá saber do que eles estavam a explicar, ela queria era falar por cima e dar a sua própria versão das coisas… um pavor de ‘jornalista’.

      • A MMG é uma miséria como jornalista. Gosto da forma como ataca problemas como a corrupção e o socratismo mas que não se esqueça que ela e o seu marido sempre foram protegidos pela social democracia. O seu regresso à RTP teve padrinhos laranja. No entanto, acho que ninguém consegue ficar indiferente àquela figura medíocre chamada Isabel Moreira.

    • Chamar a uma pessoa de “mentalmente desequilibrada” é algo no mínimo injurioso, principalmente quando feito por alguém que desconhece o carácter privado da pessoa em questão. Não deviamos recorrer a insultos para fazermos vingar a/as nossas opiniões e apesar de eu até concordar com algumas partes do seu comentário ao manifestar este comportamento perde logo a razão e é pena!

  • Mas que barraca! Também não é primeira vez acontece na TV portuguesa nunca vir Nilton tão tenso assim, normalmente é calmo no 5 mas gostei o Nilton brincar na situação! Grande Nilton! 

  • Este é um bom retrato para vermos como a política nacional funciona: a militante do CDS-PP passa a vida a atacar os partidos de esquerda enquanto que a militante do PS passa a vida atacar os partidos de direita. Chegar a acordo em algumas coisas é que não poderá acontecer, pois não querem dar o braço a torcer e dizer que as pessoas de uma ideologia política diferente teve uma boa ideia.

    Quanto ao Nilton, não percebo porque foi convidado para ser moderador de um debate sobre política. Não é a área dele, e se o objetivo era dar um tom mais descontraído ao programa então falharam redondamente pois este começou com cinco comentadoras e já só tem três. Estas mulheres comentam de uma forma muito apaixonada, muito intensa… E foi isso que fez a Manuela ir-se embora, ela enervou-se mesmo pois não suportou os comentários das outras, não respeitou a tal diferença de opinião que todas as pessoas podem ter em relação a ela, visto que isto não é uma ditadura.

ATV News

<>