Cabo Famosos

Madeleine McCann. Moita Flores: “A única coisa que não aconteceu foi um rapto”

No dia 3 de maio de 2007, a Praia da Luz, no Algarve, tornava-se no centro do mundo. Uma menina britânica de três anos desaparecia do quarto onde dormia, no complexo de apartamentos onde passava férias com a família. O nome correu os quatro cantos do planeta e está gravado na mente de todos os portugueses: Madeleine McCann.

12 anos após o desaparecimento mais mediático do século, a verdade continua por apurar. O ID – Investigation Discovery vai mais longe e quer saber onde estará a menina de olhos doces, no documentário ‘The Madeleine McCann Mystery’, que será emitido este domingo, 26 de maio às 23 horas.

Durante duas horas, o programa analisa a fundo cada detalhe da história, criando uma linha cronológica desde o momento em que Madeleine desapareceu, até às acções levadas a cabo pelas autoridades e aos esforços dos pais para encontrá-la. O documentário ‘The Madeleine McCann Mystery’ conta com testemunhos dos principais intervenientes na história. Gonçalo Amaral, ex-inspetor da Judiciária responsável pelo caso, Francisco Moita Flores, antigo inspetor e Fernando Pinto Monteiro, Procurador-Geral da República à época, entre outros, são alguns dos protagonistas da história. O especial de duas horas contém ainda testemunhos de especialistas e jornalistas norte-americanos que acompanharam o caso.

Gonçalo Amaral: “Os lençóis estavam como se ninguém estivesse estado deitado e a manta que ela costumava usar para dormir, estava impecavelmente dobrada na cabeceira da cama. Não havia elementos que apontassem para um rapto. No entanto, havia a necessidade de continuar a investigação.” (…) “O circo mediático apoderou-se da Praia da Luz. Nenhum investigador está preparado para a cobertura que aconteceu com o desaparecimento misterioso de Madeleine. Os policias não estão habituados a trabalhar sob esta pressão. O nosso trabalho não é apresentar resultados à comunicação social, o nosso trabalho tem de ser feito sem essa pressão.”

O ex-inspetor da Judiciária acrescenta que “os gémeos estavam a dormir e ficaram assim durante várias horas, apesar do barulho dentro do apartamento. Isto leva-nos a pensar que tanto a Madeleine como os gémeos tomaram uma droga chamada Calpol, que ajuda as crianças a adormecer. O avô das crianças admitiu numa entrevista que Kate costumava dar a Maddie e aos gémeos Calpol, para adormecerem. A conclusão a que chegámos é que esta morte teria sido acidental.”

“Em Outubro deixei a investigação. A força dos media, o facto de a imprensa britânica nos acusar de mil coisas, não tenho duvidas de que o meu afastamento foi uma questão politica”, conclui.

Pinto Monteiro: “Fechei o caso quando confirmei que não havia provas novas. Estes crimes são muito difíceis de investigar. Neste caso a minha consciência está cem por cento limpa. Não há mais nada que pudesse ter feito.”

Francisco Moita Flores: “Estou convencido de que a única coisa que não aconteceu foi um rapto. Aconteceu outra coisa qualquer. Pode ter sido um acidente, pode ter sido um crime deliberado, podem ter sido várias coisas, mas o que é certo é que há uma enorme probabilidade de aquela criança ter morrido na Praia da Luz.”

“O desaparecimento de Madeleine McCann é o pesadelo de todos os pais: a nossa filha desaparece de um quarto de hotel, num país estrangeiro, sem deixar rasto”, afirma Henry Schleiff, presidente do Investigation Discovery, Travel Channel, American Heroes Channel e Destination América. “Existe alguém que sabe realmente o que aconteceu a Madeleine. É por isso que queremos envolver os nossos espectadores, de forma a trazermos uma atenção renovada a este caso desolador esperando que possamos fazer justiça, de uma vez por todas.”

‘The Madeleine McCann Mystery’ é um documentário imparcial, que disseca todas as linhas de investigação que foram sendo conhecidas, ao longo destes 12 anos, mas que nunca foram conclusivas. Porque a verdade merece ser conhecida, todos os pormenores contam. E porque Madeleine merece justiça, o caso continua a merecer a atenção internacional.

‘The Madeleine McCann Mystery’ estreia este domingo, dia 26 de maio às 23 horas, no ID – Investigation Discovery, um exclusivo NOS.

ATV News