Cabo Globo

«Geração Brasil» chega a Portugal este mês

Um jovem com um sonho e um grande objetivo: criar um computador pessoal popular, de baixo custo e fácil manuseio. Sem poder desenvolvê-lo no Brasil no início da década de 90 e cheio de problemas com a mãe Gláucia (Renata Sorrah), Jonas (Murilo Benício) vai para os Estados Unidos onde encontra incentivo para colocar em prática a ideia. Lá, torna-se o grande Jonas Marra, CEO de uma das maiores empresas de tecnologia do mundo e ídolo de milhares de jovens que desejam entrar para o lote dos génios da computação. Este é o pano de fundo de Geração Brasil, novela inédita que pode ser vista pelos assinantes do canal Globo Premium a partir do dia 15 de maio, no horário das 19h.

Confiante e excêntrico, Jonas fundou a sua empresa no berço dos tecnocratas, o Vale do Silício, na Califórnia, e conquistou o feito de ser um dos homens mais ricos – e criticados – do planeta. O Vale do Silício reúne as maiores empresas de tecnologia do mundo e é de lá que saem muitas das inovações do mercado digital mundial que estão a mudar o planeta. Apesar de ser visto por muitos como um visionário, para outros é considerado uma figura controversa.

Jonas é casado com a grande estrela americana Pamela Parker (Cláudia Abreu). Juntos, mimam sem parar a filha Megan (Isabelle Drummond), fruto de uma relação anterior de Pamela. O casal Parker-Marra ama-se, é admirado pelo público e tem uma parceria forte que se estende aos negócios. Pamela é filha de Jack Parker (Luiz Carlos Miele), magnata da indústria televisiva e dono do canal a cabo Parker Channel. Além disso, Pamela tem como conselheira Dorothy Benson (Luis Miranda), amiga de sua falecida mãe. Foi através de Dorothy que Jonas e Pamela conheceram Brian Benson (Lázaro Ramos), guru pop e mentor filosófico dos tecnocratas do Vale do Silício.

Mesmo a contragosto, Jonas surpreende a todos ao anunciar sua volta para o Brasil, país foco dos media e sede do Mundial de Futebol de 2014. Para muitos jovens brasileiros, esta é a oportunidade de chamar a atenção do grande empresário. Entre eles estão o hacker carioca David (Humberto Carrão) e a engenheira pernambucana Manu (Chandelly Braz), dois prodígios da tecnologia que buscam uma oportunidade de realizar os seus próprios sonhos. Mas a chegada da família Marra ao Brasil não mudará só a vida deles; mexerá com toda a juventude brasileira ligada à tecnologia e também abalará a relação do casal tão admirado pelo público e pelos media: Jonas e Pamela. A relação vai ficar abalada quando Jonas conhecer a jornalista Verônica Monteiro (Tais Araújo), que sonha afirmar-se na profissão e apagar o seu passado de garota-propaganda da loja popular Varejão do Barata (Leandro Hassum).

David quer difundir a sua aprendizagem de código e dar a oportunidade aos jovens de tornarem-se desenvolvedores e não apenas usuários de tecnologia – como aprendeu na ONG Plugar, comandada por Herval (Ricardo Tozzi). Já Manu (Chandelly Braz) é uma típica representante da geração dos que se valem da tecnologia para derrubar fronteiras. Escondida por trás do avatar MAYA, ela é praticamente uma lenda entre os aficionados por vídeo jogos. A dupla aventura-se para se tornar conhecida por Jonas Marra e surpreende-se com o que vai encontrar nesta jornada: um grande amor.

Escrita por Izabel de Oliveira e Filipe Miguez, Geração Brasil mostra o impacto que a tecnologia tem na vida do ser humano. «Toda a novela fala na verdade de relações humanas e nós percebemos que, nesse momento, nada influencia ou modifica mais as relações humanas que a tecnologia.  Geração Brasil fala de como está a relação das pessoas nesse mundo tecnológico e tudo isso com uma linguagem pop e divertida que o tema pede», salienta Izabel de Oliveira. «Quando começamos a entrar no funcionamento dessa geração que cresceu com a tecnologia, num primeiro momento quisemos entender a cabeça deles. Que transformações de visão de mundo o uso da tecnologia acarreta nas relações de amor, de poder, de hierarquia… A realidade está mudando rápido demais, mas as pessoas continuam as mesmas. Elas participam dessa realidade mas não a entendem bem. Muita gente tem celular, smartphone, mas não sabe quem são os criadores, os génios por trás desses aparelhinhos que estão mudando o mundo. Geração Brasil joga uma luz em tudo isso», acrescenta Filipe Miguez.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close