Big Brother 2020 TVI

‘Big Brother 2020’. O passado difícil do concorrente Hélder

Hélder tem sido o concorrente do ‘Big Brother 2020’ que mais tem dado que falar e não pelos melhores motivos. O participante do reality-show foi acusado de ter comportamentos sexistas e de ter tido uma atitude homofóbica com um colega. Face ao que tem acontecido, um familiar decidiu quebrar o silêncio e fazer vários esclarecimentos. 

O familiar começou por falar do passado do concorrente à TV Guia, garantindo que Hélder é um “lutador”. Os pais moravam nuns anexos e Hélder era a “pessoa mais querida dos vizinhos”. Passou por várias dificuldades económicas e viu a sua mãe ser traída e vítima de violência doméstica.

O familiar garante que assim que conseguiu, o concorrente começou logo a trabalhar para os ajudar. Há dois anos os pais divorciaram-se e perdeu o amor da sua vida. Namoraram durante 21 anos e a família de Catarina era muito conservadora. Porém, tudo mudou quando ela assumiu um cargo de grande importância no Porto e a relação acabou.

O familiar garante que Hélder é uma pessoa “magnífica” e que a imagem que estão a passar dele é “injusta”, pois ele é só brincalhão. Justifica que Hélder tem um tio homossexual, assim como primos, e todos se dão muito bem. “Acho que tudo foi levado a um extremo e a um ponto de humilhação”, afirma.

Certo é que se o concorrente foi criticado, muitos também o programa e o apresentador estão a ser alvo de indignação nas redes sociais. Vários internautas afirmam que tudo foi desnecessário.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News