TVI

TVI quer pôr de parte a GfK e assinar com a Marktest

Foi no dia 1 de março que a GfK entrou em ação, substituindo a Marktest como a empresa oficial que mede as audiências em Portugal. Quase um mês depois de ter iniciado a sua atividade, depois de muitas reclamações e até das variadas demonstrações de descontentamento por parte da RTP, é a TVI que, agora, vem a público dizer que vai «desistir» da GfK e iniciar contactos com a Marktest para a assinatura do contrato para que esta meça as audiências. Quem o garante é Rosa Cullell, administradora delegada da Media Capital.

Após um mês com o novo sistema da GfK, para Rosa Cullel, o painel continuar sem funcionar, sendo assim uma fonte de instabilidade: «Em Fevereiro, dissemos à GfK e aos associados da CAEM que o sistema não estava a funcionar e precisava de mais tempo para estabilizar. Ficou a promessa de que isso iria mudar no mês de Março. Mas chegámos ao fim do mês e temos um sistema igual ou pior. Não tenho nada contra ninguém e não vamos deixar de estar na CAEM [a associação que reúne operadores de televisão, as agências de meios e os anunciantes]. Mas não vamos continuar com a GfK porque não se pode trabalhar assim.», contou a administradora delegada da Media Capital ao Diário Económico.

O novo contrato com a Marktest ainda não foi assinado, mas Rosa Cullel confessou que deverá reunir em breve com a empresa de Jorge Fonseca Ferreira. A principal justificação para pôr de parte a GfK e assinar com a Marktest é a garantia de que esta empresa mantém um painel fiável e o número de audímetros é representativo da população portuguesa.

  • Slb_nun

    M-E-D-O

  • João Rodrigo

    Já se esperava… A TVI a perder… Quer a Marktest porque lhe dá a liderança! Ridículo.

  • não é medo nem ridículo a tvi sempre liderou e se virem as audiências medidas pela GFK esta está claramente a beneficiar a sic e a perjudicar a tvi e a rtp…

    • Miguel

      Pode ser.
      Mas também pode ser que o painel da GFK por incluir menos velhos, automaticamente benificie os canais que têm público mais jovem e comercial e haja uma quebra naqueles que dependiam mais de público idoso.
      Se bem que também urge a pergunta: porque é que foi decidido que o painel da GFK deveria dar menos percentagem de audiência ao público idoso?…
      Eu por mim até acho bem, porque sejamos honestos, o público comercial e que traz dinheiro aos anunciantes, são os jovens adultos e não os idosos +65

      • As pessoas com mais de 65 anos não compram nada? loool.

        • Miguel

          Compram muito menos 😉 E são menos passíveis de serem persuadidas com novas ‘modas’ e tendências comerciais, são de hábitos fixos… ao contrário dos jovens adultos, que mudam muito mais facilmente

          • Fabio Silva

            Mas na amostra, os idosos têm de ser representativos da população. E não se devem contar menos por comprarem ou deixarem de comprar 

          • Miguel

            Sim isso concordo tb.
            Acho que a Gfk tem muito que explicar… mas a TVI devia esperar pelas explicações e tentar dar o benefício da dúvida em vez de explodir e dizer que já não acredita no que eles fazem, o que é lançar uma grande confusão

        • Biller

          É evidente que a Marktest durante anos sobrevalorizou a amostra dos idosos e é evidente que nenhum canal está contente com a GFK devido às inúmeras falhas. Em momento algum, se coloca a seriedade da GFK.

    • Biller

      Beneficiar? A SIC Notícias liderava há 10 anos.De um momento para o outro, o líder é o AXN. A aproximação das generalistas já acontecia desde há meses e a SIC já liderava no público comercial desde janeiro, ainda na marktest.

    • aab.

      TA A BENEFICIAR A SIC ONDE? O querida julia desceu, a sic noticias perdeu a lideranca. O boa tarde ja ganhava na marktest, morde e assopra tmb, o jornal da noite da sic tambem desceu, gosto disto ta em segundo como na marktest. Só rosa fogo é que subiu, mas é normal pq nestes ultimos dias aconteceram cenas marcantes na novela. E se virmos a trapalhada da historia d remedio santo, que tem uma personagem que mata todos, curiosamente mal copiada por uma novela brasileira. Nao é mt d se estranhar. Dps temos anjo meu que tem como concorrente insento coracao. Novela brasileira mt melhor do que a da tvi. Qualquer novela portuguesa ate as da sic precisam d mt para chegar à qualidade d uma brasileira. A tua cara nao me é estranha é um bom programa com audiencias elevadissimas. O programa da sic teve audiencias mt fracas AGR VEJAM BEM QUEM É QUE É BENEFICIADA.

      • oi

        um estudo concluiu que a rtp e a sic sao canais que os portugueses mais confiam. Ora, como é que com isto e juntando as audiencias dos programas anteriores, morde em primeiro e morango em ultimo com shares bastante baixos, o jornal da tvi da noite tem tido as melhores audiencias?

  • miguel

    Se vocês tivessem uma empresa e se um dos vossos parceiros apresentasse falhas vocês continuavam a trabalhar com ela? Eu penso que não!

  • Vasco

    Mil lares não dizem nada sobre as verdadeiras audiências…esses mil parecem estar conotados com a SIC, por isso, é que a vence muitas vezes. Só que está a tornar-se demasiado evidente…

    • Biller

      Na Marktest o número de lares era igual.

  • Anon

    Acho muito bem! Já não era sem tempo… A Marktest pode não ter os dados reais relativos à população nacional, mas estão mais próximos do que os da GFK. E a Marktest venceu, a níveis técnicos, à GFK. Acho muito bem que volte tudo ao que era antes.

  • Anonimo

    Mas, na prática, o que é que isto significa?

  • Ricardomadeira

    E a Sic quer a GfK  porque está nafrente. a enganar também eu era líder.

    • Biller

      Falem do que sabem. Factos: a SIC já liderava no público que lhe interessa (comercial) na Marktest; a SIC perdeu a liderança do cabo com a GFK; a TVI tem praticamente os mesmos valores bem como a SIC relativamente à medição anterior; a diferença maior foi sentida na RTP1 (para baixo) e no AXN e Record (para cima).

  • Anónimo

    Já estava mesmo à espera que a TVI fizesse isso. Nunca acreditei na liderança
    deste canal de televisão. Querem voltar para a Marktest porque sempre os
    beneficou em detrimento da SIC e RTP. Valha-nos Deus!

  • Biller

    A SIC também não está contente com o trabalho da GFK. Resta saber o que resultará da reunião da CAEM.

  • Pingback: Marktest esconde os dados de audiências que recolheu | A Televisão()

  • Sérgio

    A Sic não diz nada porque lhe convém. Esta empresa já ganhou de propósito para beneficiar a SIC. Não queiram tapar os olhos com a peneira…só que agora está a tornar-se demasiado evidente…abaixo a GFK de Luís Marques!!!!

    • Biller

      Não é verdade. A SIC tem exposto o desagrado à GFK e à CAEM. Repito nenhum canal está contente com a GFK. Luís Marques nada tem a ver com a GFK. A CAEM é idónea e merece o apoio do mercado, incluindo a TVI conforme comunicado de hoje.

  • Rui

    Era o que a SIC queria…parece que há aqui gato escondido com o rabo de fora. Agora percebe-se a certeza dada pela Júlia, Gaby e Luís Marques quando diziam que a Sic ia liderar brevemente…mistério!!! Com batota à descarada!  Não se percebe é como eles caíram na ratoeira…agora já não se safam…

  • ramos

    Deixo aqui uma sugestão ao site A Televisão!
    Pesquisem no ano de 2010 e vejam qual foi a estação de televisão a reclamar as audiencias e a pedir que fosse feita uma nova eleição para nova medição das audiencias que eram feitas pela Marktest.

    • Biller

      Fi-lo eu 😉

  • Titzie

    Olhem que bonito… então não se vieram logo gabar quando foi o primeiro dia da GfK, no Jornal Nacional, que era um sistema inovador e muito bom, e a gabarem-se das audiências????? Então agora já não gostam? ahahahahahahah porque é que eu não estranho isto?…

  • ME

    A televisão das sopeiras só vai estar bem quando estiver a ganhar de novo.
    Quando a Sic andava pelos 20 e poucos de share e a TVI nos 30 não se queixava, nem a SIC
    Quando começou a baixar com a marktest pediu outra medidora e continuo a perder em bom.
    Já repararam que as pessoas já estão fartas da novelas da treta e que a cabo tem bons programas?!?!?
    Não tenho visto o JAC a gabar-se do jornal das 8…

    • Joaquim da Garça

      Se calhar porque a SIC fica feliz tanto no segundo ou no primeiro lugar (se não ficasse era esquisito)! A TVI sempre foi líder, até quando chegou a GFK e de um momento para o outro desceu drasticamente…. Quando começou a baixar em 2010??!! LOL A TVI teve grandes números nesse ano, e teve piores em 2011 portanto não sei o que isso tem haver com ter baixado as audiências! -.-‘ Enfim….”A CABO” não tem bons programas, pois não é um canal, mas sim 150 canais….. e o canal por tv cabo mais visto não passa dos 2% SHR portanto não sei onde as Generalistas estão “ultrapassadas”! Continuam a dar uma abada aos canais por cabo…a televisão das sopeiroas, novelas da treta??!! LOL Olha que a tua SIC faz o mesmo, e contudo para ti é a mais “inovadora” e quem tem “mais identidade” LOL

      Veste a carapução, que nós de chapéus já tivemos muitos…. e foram todos dados pela dupla Luís Marques/SIC na actuação CAEM/GFK com apoio do verbo “manipular”

      Não tens visto o JAC a gabar-se no Jd8, pois olha que eu tenho visto aquela mulher horripilante no “Jornal da Noite” a gabar-se das audiências da SIC e a dizer que só por esta se ter aproximado da TVI, a TVI quer Marktest….. LOL Não se sabem, mas os resultados de ontem até dizem que a TVI liderou, portanto….. se a TVI não quer a GFK é por causa da sua instabilidade, até porque continua a ser a líder….

  • Biller

    A 14 de Agosto de 2010, o Paços de ferreira e o Sporting jogavam, na TVI. O jogo não teve as audiências do costume.Nesse dia, a TVI teve menos 28% de audiência do que tivera no sábado anterior. A administração da empresa reagiu ao trabalho da Marktest, empresa responsável pela medição das audiências. Há mais de uma década no mercado nunca fora contestada publicamente. A TVI emitiu um comunicado em que exigia “UMA AUDITORIA URGENTE” aos resultados desse sábado. A administração do canal dizia mesmo que as audiências daquele dia constituíam “O CULMINAR DE UM PROCESSO DE DESCRÉDITO TOTAL” do sistema de medição de audiências. E lembrava que há vários meses vinha alertando para as falhas que ciclicamente se detetavam nos dados das audiências fornecidos. Mais ainda, alegava “FALTA DE QUALIDADE DO SERVIÇO” prestado pela Marktest e chamava a atenção para o possível desrespeito pelas obrigações contratuais e para a dificuldade crescente da Marktest em dar cumprimento aos requisitos mínimos do sistema de medição. Era neste quadro de contestação ao sistema que a TVI exigia a “REALIZAÇÃO URGENTE DE UMA AUDITORIA” ao trabalho da Marktest e a conclusão urgente do processo com vista ao “LANÇAMENTO DE UM CONCURSO” para selecionar um novo sistema de medição. A TVI dizia que reagia assim na defesa da verdade dos dados de audiência e do mercado publicitário.O pedido de auditoria da TVI ao trabalho da Marktest dava início a uma longa maratona que envolveu todas as televisões, os anunciantes e as agências de publicidade, representadas na CAEM, Comissão de Analise de Estudos de Meios. Todos concordaram em avançar com a sugestão da TVI e fazer um novo concurso público para a escolha de um novo sistema de medição das audiências. Concorreram cinco empresas, entre elas a Marktest. Acabou por ganhar a GFK. Todas as televisões, agências e anunciantes aceitaram as mudanças e as condições do novo sistema de medição das audiências.Televisões, anunciantes e agências foram unânimes em concordar que o novo processo de recolha dos dados era fidedigno e mais representativo do consumo da televisão, em Portugal.O problema surgiu quando os primeiros dados foram conhecidos.Primeiro foi a RTP a contestar os resultados. A televisão do estado viu cair as audiências e só então questionou publicamente o sistema que aprovada no âmbito da CAEM. Agora é a vez da TVI romper com a GFK e querer voltar à Marktest, a empresa que antes contestou. Este volte face da TVI acontece, numa altura, em que as suas audiências se aproximavam das audiências da SIC, uma tendência que já se vinha registando antes do novo sistema de medição. Alguns erros detetados no novo sistema são usados agora como argumento para a RTP e a TVI contestarem o trabalho da nova empresa que ganhou o concurso. Erros que, para a GFK, são devidamente justificados, pois trata-se de um sistema novo e complexo que precisa de mais algum tempo para funcionar em pleno. 

  • Andre Jorge89

    LOL….Então foi a TVI que pediu que deixasse de ser a Marktest a fazer as análises e agora, que as audiências descem já querem voltar à que lhes dava melhores resultados, grande coerência não haja dúvidas. Todas as estações ficaram a perder com a mudança. A RTP baixou e muito, a TVI tem vindo a baixar e a SICNoticias há 11 anos na liderança do cabo agora imagine-se está bem mais abaixo. Não digo que não haja problemas com esta medição mas esta empresa e o novo métodos foi escolhido e aprovado por Todos os canais!

  • Joao Lopes

    Concordo com tudo o que foi dito sobre a TVI, mas vejamos uma coisa, como é que é explicável que este canal de televisão que liderava todos os dias com uma média que rondava os 26% de share e de um dia para o outro passou a perder a liderança, tendo já a SIC ganho vários dias da semana? Mesmo com a GfK a TVI, nas primeiras semanas em que foi posto em vigor este sistema de medição de audiências, liderava bastante à vontade e com um estalar de dedos desceu mais de 5% de share! Certamente alguma coisa não está bem, que eu veja a SIC não introduziu novos programas, nem novas novelas para passar tão rapidamente à liderança do dia… Ou o problema é desta empresa ou então da anterior, que dava demasiada audiência à TVI, tenho dito 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close