TVI

TVI mantém séries na gaveta

tvi logo

Foi em 2011 que Nicolau Breyner encabeçou o elenco de A Casa é Minha, uma série que contou também com outros nomes conceituados da televisão portuguesa, como Maria João Abreu, Rita Salema e José Raposo. Contudo, esta comédia ainda não teve lugar na antena da TVI desde essa altura sem «razão concreta», mas apenas porque Luís Cunha Velho considerou que «simplesmente, não era o momento ideal para a exibir». Na mesma situação encontram-se as séries Giras e Falidas e O Bairro.

Enquanto spin-off de Doce Tentação, Giras e Falidas foi gravada no verão de 2012, mas de acordo com o homem forte da TVI, «é uma sitcom que precisa de respirar porque é um produto independente». É «normal» ter este «produto em stock», embora se tenha «gravado cedo porque é uma sitcom baseada no núcleo de uma novela (…), era preciso aproveitar décors e a escrita», conta à Notícias TV. Apesar do apelo das atrizes que integraram o projeto e de Jessica Athayde ter duvidado que alguma vez o formato chegasse à antena da TVI, a verdade é que num futuro próximo, não deverá estrear pelos lados de Queluz de Baixo.

O Bairro foi protagonizado por Maria João Bastos e estreou entretanto no cinema. Efetivamente, «tem janela aberta para produção de DVD e só depois irá para a televisão», pelo que «não tem data de estreia ainda», conclui Luís Cunha Velho. Com a chegada à antena da TVI de novos produtos de ficção, estas três produções já gravadas continuarão na gaveta.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close