TVI

TVI insurge-se contra medição audimétrica

Depois de divulgados os números das audiências do passado sábado, que mostraram um pesada derrota da TVI perante a concorrência, a administração da estação de Queluz emitiu um comunicado onde exige uma auditoria urgente à actual medição das audiências, pedindo assim a realização de um concurso no sentido de incentivar a criação de um novo sistema de medição audimétrica na televisão nacional.
No comunicado, a administração da TVI refere-se, em especial, aos resultados divulgados neste domingo e referentes ao último sábado que, segundo esse mesmo comunicado, “constituem o culminar de um processo de descrédito total do actual sistema de mediação de audiências”, classificando-os de “particularmente inacreditáveis”. Em causa está uma alegada falha por parte da Marktest que, segundo a administração da TVI, “nos primeiros dados fornecidos pela Marktest, não surgisse nenhum programa da TVI no TOP15 dos programas mais vistos do dia”.
Só depois de uma reclamação efectuada por parte da estação de Queluz é que esses mesmos dados foram rectificados: “Apenas após uma reclamação da TVI é que a Marktest corrigiu o ranking referindo que tinha havido um erro. Erro que a TVI acredita também ter existido nas audiências do total do dia, dado ser difícil de explicar que um erro nos programas não tivesse qualquer repercussão nas audiências do total do dia”.
Assim, neste comunicado a administração de Queluz põe em causa a fiabilidade dos dados fornecidos pela Marktest, mesmo depois de rectificado o erro, e considera ainda a qualidade da medição audimétrica “da maior importância, por respeito ao espectador e para assegurar dados fiáveis e precisos para o mercado publicitário e os anunciantes. Este é um problema que afecta todas as estações de televisão em Portugal e a TVI toma esta posição na defesa da verdade dos dados de audiência e do mercado publicitário que a todos os agentes de boa fé deve interessar”.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close