TVI

Tozé Martinho lamenta decisões da TVI

O argumentista demonstrou à TV Guia alguma tristeza pelo facto de 2010 não ter sido um bom ano para o seu trabalho. “Fiquei sem escrever em 2010. Foi muito difícil… Não tive nenhum projecto em mãos”, afirmou Tozé Martinho à referida publicação.
Sem José Eduardo Moniz por perto, o filho de Tareka afirmou que se o marido de Manuela Moura Guedes ainda fosse director de programas do canal da Media Capital, nada disso teria acontecido. Afinal, “com o Moniz, havia outra prioridade”.
Apesar desta insatisfação, Tozé Martinho nada pode fazer, na medida em que está ligado à TVI durante os próximos anos por um contrato de exclusividade. “O meu contrato termina daqui a três anos, mas ninguém gosta de estar sem trabalhar”, revelou.

A pensar na novela que irá ocupar o lugar de Sedução, o argumentista já começou a escrever alguns episódios: “Já escrevi dois episódios e estou maravilhado. Posso dizer que é uma história urbana que se desenrola nos dias de hoje”. A Terceira Vez será gravada em várias localidades, tal como a TVI tem vindo a apostar com outras produções. No caso da de Tozé Martinho, Sintra será a eleita como a principal paisagem desta nova novela.

O argumentista afirmou ainda que escreveu uma trama para a estação de Queluz de Baixo, acabando esta por ficar nas gavetas do canal. “Trata-se de uma novela de época. Já escrevi, mas não avançou devido aos custos de produção serem elevados. Estamos em época de crise e não há dinheiro”, finalizou.

Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close