TVI

Sofia Alves gostava de sair de Portugal

Desde a saída de José Eduardo Moniz da estação de Queluz de Baixo que a ligação que Sofia Alves mantinha com a TVI deixou de ser a mesma. Apesar de ter sido lá que ergueu grandes sucessos da ficção nacional, tais como Olhos de Água ou Flor do Mar, a actriz confessa que a saída do antigo director de programas da TVI fez com que repensasse a sua carreira: “Quando ele saiu, eu quis sair também. Mas foi o próprio Zé Eduardo que disse para eu não sair, que seria um erro e que, apesar dos caminhos diferentes, a amizade manter-se-ia”. Apesar de estar mais voltada para o teatro, o regresso à televisão é inevitável. “É ciclíco, tem mesmo de ser. O público gosta de me ver, está sempre a perguntar-me quando volto ao ecrã e é natural que a TVI me queira para um papel”, explicou à Notícias TV enquanto estava em trabalho em Espanha.

Apesar do contrato que mantém com a estação de Queluz de Baixo, Sofia Alves ambiciona um dia viver em Madrid, tendo em conta o facto de poder manter um estilo de vida mais calmo. “Já vivemos aqui e foi óptimo. Madrid é uma cidade fantástica: as pessoas, a cultura, a comida. Há espectáculos a todas as horas, para todos os gostos. Tem uma movida ímpar. Se pudesse, vivia cá”, revelou.

Por fim, e tal como tem vindo a ser hábito, a questão do mercado de transferências não ficou por fazer. Perante os contratos milionários que têm vindo a ser estabelecidos a actriz esclareceu o seguinte: “É importante que o mercado mexa e que a ficção nacional cresça. A SIC não vai dar tréguas”.

Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close