TVI

São José Correia: “A Plural e a TVI são a casa das novelas”

Foi preocupada com a falta de apoio que o Estado dá à cultura portuguesa, nomeadamente ao Teatro, que São José Correia falou da sua vida enquanto actriz. Consciente de que o futuro é cada vez mais incerto, o facto de não estar ligada à TVI por um contrato de exclusividade não a deixa minimamente insatisfeita: “A questão colocou-se mas nunca quis. Eles também nunca insistiram muito. Acho que o contrato de exclusividade assegura um grande ordenado – e eu não sou assim tão ambiciosa – e garante a sobrevivência”. Num período da história da televisão portuguesa em que as transferências da SIC para a TVI e vice-versa se têm sucedido, a actriz apenas deseja que continue a existir trabalho na representação. “Não fui aliciada. Para mim, a Plural e a TVI são a casa das novelas – a TVI produz quatro novelas por ano, a SIC produz uma – , mas quanto mais ficção portuguesa for produzida, mais trabalho haverá para muita gente. O que cada um decide é com cada um. Penso de projecto a projecto e tem-me corrido bem. Não visto camisola nenhuma”.

São José Correia demonstrou-se ainda desagradada com o facto de actualmente muitos jovens pensarem que por terem um corpo escultural conseguem ser actores. O talento é algo que ou nasce com a pessoa, ou que se vai adquirindo ao longo de muito trabalho. É com base nesta premissa que a actriz refere o seguinte: “Sou actriz profissional e, se não aceito um trabalho por determinado valor, vão buscar outra gaja sem noção do que é ser actor que aceita e que está a dar cabo do mercado de trabalho. Ainda por cima, os actores mais jovens nem sequer são actores”.

Por fim, a cara da TVI confessou que participar em novelas já foi um trabalho que a completasse mais na representação: “Já não me dá tanta satisfação, estou cansada, não tenho tanta ‘pica’. A minha última novela acabou em Dezembro e só voltei em Agosto. Já há muito que não estava tantos meses sem fazer novela e soube-me bem. Peguei nesta com saudades que há muito não tinha”.

Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close