TVI

Qualidade das novelas da TVI “tombou um bocadinho”, diz Gabriela Sobral

Gabriela Sobral

Foi durante muitos anos o braço direito de José Eduardo Moniz na definição das estratégias da televisão de Queluz de Baixo e é conhecida por muitos pela sua ligação bastante forte com inúmeros atores portugueses. Está há quase dois anos na SIC, mas continua atenta ao que a concorrência faz. Em declarações à Correio TV desta semana, Gabriela Sobral deixou a sua opinião sobre a actual ficção que se faz na TVI.

“Há uma mudança de paradigma na televisão, pelo que as histórias hoje têm de ser muito boas. Transversais, com uma riqueza de temas. Bons textos. Mas não quero criticar uma casa onde estive”, começa por dizer a directora de produção do canal de Carnaxide, acrescentando, todavia, “que não há ninguém do outro lado a olhar para a ficção atentamente. Há ali um bocadinho de desleixo”.

Gabriela Sobral elogia as novelas da concorrência, mas acaba por deixar advertir: “Não faço ideia de quem são os responsáveis. Sinceramente, não sei quem, hoje em dia, pensa a ficção (da TVI). Não sei se é o José Fragoso, a Helena Forjaz. Não sei. O que acho é que a qualidade das novelas tombou um bocadinho”.

Quanto ao que se tem feito para os lados de Carnaxide, a responsável afirma que o público “é mais exigente” e que “Há na SIC uma grande mudança na ficção depois de Laços de Sangue”.

  • ME

    Um bocadinho?!?!!?
    Gaby, não seja tão modesta!
    Novelas fantasiosas que baixaram aos 30%, os Morangos vão acabar, os telefilmes (com um enorme elenco constituido por 6 actores) que se tem revelado um Flop!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close