TVI

“A Margarida não será muito castigada”

Alexandra Lencastre gosta do final que a sua personagem vai ter na novela da TVI.

E mantém contrato com a estação.

Concluídas as gravações de ‘Fascínios’ (TVI), no ar até final de Setembro ou início de Outubro, a protagonista, Alexandra Lencastre, partiu para o Brasil com as filhas, Margarida e Catarina, onde já está a gravar ‘Equador’. Nesta série, também da TVI, estação com a qual renovou o contrato de exclusividade, interpretará a sua primeirapersonagem’não atraente’.

‘Esquecer a Margarida não é assim muito fácil’, reconhece Alexandra Lencastre sobre o seu papel em ‘Fascínios’. ‘Dá para perceber que, apesar de vilã, ela não será completamente castigada, o que tem alguma piada. No final, os autores da novela saíram-se com algumas surpresas bastante engraçadas, o que cria um ambiente interessante para os actores’, revela a actriz, desvendando:’Normalmente, os maus são castigados e os bons compensados. Em ‘Fascínios’, isso não será assim tão linear…’

Alexandra Lencastre confessa: ‘Gravaram-se algumas cenas finais de uma forma muito inteligente. Criou-se até um ambiente de alguma agitação, com a curiosidade dos actores sobre quem é que mata quem.’ A actriz considera que esta estratégia é tão excitante para o público como para o elenco: ‘É uma maneira de os autores nos darem um pouco de alento nesta recta final, quando já estamos cansados.’

Com várias cenas já gravadas para o final da novela, há coisas que ainda podem ser alteradas. O autor, António Barreira, adianta à Correio TV: ‘Eu, o José Eduardo Moniz [director-geral da TVI] e o André Cerqueira [coordenador do projecto] já sabemos qual é o final que queremos. Os actores, não’. O autor apenas garante que será inesperado.’Vai surpreender todos. Tinha de ser um fim atípico, como a própria novela’, explica. Em jeito de conclusão, Barreira sublinha: ‘Foi uma maratona em que perdemos o fôlego várias vezes pelo caminho, mas havia sempre um impulso para continuar.’

Quanto à mudança de horário de ‘Fascínios’ para as 23h30, quando antes da estreia de ‘AOutra’ era exibida logo a seguir ao noticiário das 20h00, Alexandra Lencastre admite ter ficado ‘um pouco triste’, embora se diga ‘habituada’ a estas alterações. ‘Quando estreia uma novela, as outras readaptam-se. Mas é importante para a TVI constatar que, mesmo perto da meia-noite, ‘Fascínios’ continua a ter audiências.’ O autor da novela é da mesma opinião. ‘Sem querer parecer pretensioso, tenho de admitir que ter perto àquela hora uma média de um 1 300 000 espectadores é óptimo. Acho que fidelizámos o público’, conclui António Barreira.

GRAVAÇÕES DOS EPISÓDIOS FINAIS TERMINARAM EM MEADOS DE JULHO

UMA PARTIDA MISTERIOSA

No episódio 230, último de ‘Fascínios’, a vilã Margarida (Alexandra Lencastre) desce as escadas da mansão com uma mala de viagem e um papel que entrega a Helena (Helena Laureano), a quem delega a administração das suas acções na Imperium. Deseja felicidades e parte. A protagonista conclui, acerca da profissão: ‘O que nos custa mais como actores são grandes mudanças, como passar de uma cena em que estamos felizes para outra com registo de tragédia.’

AUTOR ESCREVIA 14 HORAS POR DIA

MERECIDAS FÉRIAS

Já de férias, António Barreira, autor de ‘Fascínios’, diz-se ‘feliz’ com o sucesso da novela. E lembra: ‘Fiquei aflito dos tendões. Escrevia à volta de 14 horas por dia’.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close