TVI

Prisa, dona da TVI, regista prejuízos de 451 milhões de euros em 2011

 

O grupo espanhol Prisa, dona da TVI, registou prejuízos de 451 milhões de euros 2011. Deste mais de metade das perdas devem-se a provisões feitas pela Prisa que se acautelou contra a quebra de negócio em Portugal.

“Por um elementar critério de prudência, e tendo em conta sobretudo a difícil situação que Portugal atravessa, procedemos a uma provisão, nas contas de 2011, de 252,94 milhões de euros”, refere o CEO da Prisa Juan Luis Cebrián.

A provisão de quase 253 milhões de euros foi feito motivado por três fatores, segundo o Negócios, aumento do risco-país (medida contabilística que tem em conta a possibilidade de mudanças drásticas num país em matérias como viragem política ou económica); queda do mercado publicitário; e ainda a mudança no modelo de gestão da área da publicidade.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close