TVI

Piet-Hein Bakker lança críticas aos guiões de Teresa Guilherme

Piet Hein-Bakker

Piet-Hein Bakker, antigo diretor da produtora Endemol Portugal, trouxe os reality shows para Portugal em 2000. Agora, afastado da Endemol desde 2007, Piet-Hein continua a ser espectador deste formato e lança algumas críticas a Teresa Guilherme.

Confrontado com o novo formato da TVI, Big Brother VIP, o produtor holandês começa por dizer, à NTV, que «Na minha opinião, o guião de Teresa Guilherme está cada vez menos natural. Acho que há ali cada vez mais uma construção da personagem de apresentadora e eu tenho as minhas dúvidas em relação a isso. Não sei se será a melhor forma de fazer. Acho que o risco deste tipo de construção é que se constrói uma personagem que já não toca na realidade». Para Piet-Hein algumas frases e trocadilhos que são ditos por Teresa Guilherme já não são frescas e perderam o timing para serem ditas e, como tal, deixa um conselho a Teresa Guilherme: «Há pouca improvisação e os reality shows precisam e vivem muito disso».

O produtor produziu vários formatos apresentados por Teresa Guilherme e revela que «Na altura do primeiro Big Brother ela estava menos presa a um guião. Também tinha, mas não era tão cheio de gracinhas e trocadilhos como agora. Digo isto como todo o respeito que tenho pela Teresa Guilherme, mas é o que sinto. Não gosto».