TVI

Perda de exclusividade «não é positiva», defende João Catarré

joão catarré

Sem revelar quando termina  o seu contrato de exclusividade, João Catarré considera que o fim dos contratos de exclusividade a que se tem assistido nos últimos meses é uma situação natural, revelando em declaração ao CM que «não é só neste meio que as pessoas estão a perder os contratos».

Contudo, o ator diz que «a medida não é positiva para a ficção nacional nem para o público», mas reforça que «a crise bate a todas as portas», não sendo esta uma situação exclusiva do setor nacional, visto que «produtoras de todo o Mundo estão a atravessar dificuldades».

Quanto ao seu futuro, João Catarré revela que pretende «aprofundar conhecimentos na área do cinema, mais concretamente na direção de fotografia», e caso o seu contrato não seja renovado e se veja perante uma situação de desemprego, será este o plano que o ator tem, confessando, contudo, que «é uma pena que cada vez haja menos apoios ao setor».