TVI

O enredo de «Louco Amor»

Louco Amor 2

 

Faltam poucos dias para a chegada da nova telenovela do canal de Queluz de Baixo. E, depois do elenco e respectivas fotografias, fique já a conhecer o enredo e Louco Amor!

Um ato de amor pode ter as piores consequências. A vida ensina-nos que quanto mais queremos controlar os acontecimentos, mais eles ficam fora de controlo. O destino prega-nos sempre as maiores partidas.

Esta é a história de Carlos (Nicolau Breyner), que está preso há dezoito anos. Confessou ter acabado com a vida da mulher, Ana Maria, poupando-a ao sofrimento de uma doença incurável, e apanhou a pena máxima. A sua vida acabou no dia em que entrou na cela. Na prisão, Carlos isolou-se completamente de tudo e de todos, desistindo dos seus afetos e, de alguma forma, da vida.

Quando estala um motim na cadeia onde está preso, Carlos é obrigado a reagir. Vem ao de cima o homem valente e nobre que sempre foi e prova pelos seus atos que está longe de ser um assassino. Mas é um homem quebrado. Ao saber que a sua pena chegou ao fim, Carlos recusa-se a sair da cadeia. A liberdade e o medo de se confrontar com o passado são a sua verdadeira prisão. E o ambiente em que vive, embora seja violento e hostil, parece a Carlos muito mais acolhedor que o mundo cá fora. Carlos está num momento de viragem. Cá fora só tem memórias e fugir delas não é a solução.

Margarida (Mafalda Luís de Castro) está também num momento de transição, acaba de saber que entrou na faculdade em Lisboa. A boa notícia significa uma mudança enorme na sua vida. Tem de abandonar Castelo de Vide, a terra onde vive desde pequena com a avó, os amigos e a segurança de um meio que conhece e que domina, para se fazer à aventura na capital.

Margarida perdeu a mãe quando era muito nova. Na verdade, nunca a conheceu. A avó, Lucinda (Márcia Breia), é a única família que lhe resta ou assim ela pensa. Na véspera da partida, descobre que o pai, que nunca conheceu, está em Lisboa.

Para Margarida, a partida para a capital já não é apenas a concretização de um sonho, mas é o início de uma aventura. O passar de uma adolescência tardia, para uma idade adulta onde o amor e a paixão vão aparecer como fatores principais.

Margarida vai conhecer Duarte (José Carlos Pereira), o primeiro homem por quem se vai apaixonar de verdade. Mas também vai aprender que a sua forma audaciosa e ingénua de olhar a vida e o mundo, não são suficientes para a proteger da maldade e da inveja que a rodeiam. Vai ter de crescer.

Os destinos de Carlos e Margarida vão cruzar-se. De alguma maneira sempre estiveram ligados. Depois de se conhecerem, nunca mais serão os mesmos. Esperam-nos grandes conquistas, pesadas revelações e enormes tarefas.

Carlos tem uma vida para refazer e não vai ser fácil. O filho, Chico (David Carreira), não o conhece e quando o revê, renega-o. A irmã, Leonor (Suzana Borges), está internada numa clínica desde o dia em que Ana Maria morreu. Sofreu um forte trauma emocional e, tal como Carlos, viveu os últimos dezoito anos numa clausura imposta. E há ainda Rafael (Luís Esparteiro), o irmão. Nunca se deram bem e depois da confissão de Carlos, nunca mais falaram.

Rafael tomou a seu cargo a educação de Chico e assumiu a figura de um verdadeiro pai para o rapaz. O regresso de Carlos é para ele um reviver de ódios antigos. Mas não é apenas o afeto de Chico que Carlos vai ter de disputar com Rafael. Entre os dois irmãos vai surgir uma mulher – Violeta (Fernanda Serrano).

Há 20 anos, Carlos conheceu Violeta e apaixonou-se por ela. Violeta era uma acompanhante de luxo e depois de um tórrido romance desapareceu de Lisboa por um ano. Quando regressou, afastou-se de Carlos e fez os possíveis para os seus caminhos não se voltarem a cruzar. Mas nunca o esqueceu.

Ambos refizeram as suas vidas, Carlos casou com Ana Maria e até ela morrer, foi-lhe fiel. Violeta transformou-se numa empresária de sucesso. Gere a Broadway, um clube noturno de grande prestígio, cujo sócio principal é Rafael. Os dois são amantes.

Violeta guarda muitos segredos e um deles tem a ver com Margarida. Ela sabe quem é o pai da rapariga. Quando Margarida surge na Broadway a pedir emprego é como se o passado caísse de repente aos pés de Violeta. Ela também vai ter de enfrentar os seus fantasmas e tomar decisões sobre o futuro de Carlos e de Margarida.

Há sempre um dia em que o passado nos confronta. Há sempre um dia em que surge uma nova oportunidade, muitas vezes única, para fazer escolhas diferentes, que nos permitam alcançar a felicidade e tomar o destino nas mãos. Louco Amor, todos temos um pouco, chega sexta-feira aos ecrãs da TVI!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close