TVI

Morte de Angélico causa mal-estar nas gravações de “Anjo Meu”


Foi na tarde do dia 28 de junho que a notícia foi tornada pública: Angélico Vieira estava em morte clínica. De imediato, tal situação foi comunicada aos atores de Anjo Meu, todavia, houve quem não gostasse da forma como a situação foi encarada.

“Foi anunciado à equipa que estava declarada a morte do Angélico. Foi muito mau porque grande parte da equipa técnica e alguns dos atores que ali estavam trabalharam com ele. Foi uma situação muito difícil”, começa por dizer uma fonte próxima da telenovela da TVI à TV 7 Dias desta semana, acrescentando em seguida: “A equipa de exteriores que estava no Sobral parou logo as gravações e muitos refugiaram-se a chorar. A Sofia Arruda, por exemplo, foi logo retirada dali”.

Ainda assim, o momento de reflexão foi curto e meia hora depois os atores já estavam de regresso à ação: “Os exteriores de Anjo Meu pararam de imediato durante uma meia hora para as pessoas se recomporem, mas o resto continuou como se nada fosse, o que causou um tremendo mal-estar entre as pessoas. O Angélico era um profissional da casa e, acima de tudo, amigo do coração de muitos dos profissionais que estão nestas produções. Não há palavras”, defendeu a mesma fonte.

Neste dia em concreto, os atores que se encontravam em gravações de exteriores eram Sofia Arruda, José Carlos Pereira e Rita Seguro.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close