TVI

Mini-Série “37” – Sínopse, personagens e logotipo

A 2ª mini-série da TVI já estreou no passado Domingo e o TVU dá a conhecer todas as informações de 37.

Sinopse Geral

Ana, uma professora universitária, aparece estrangulada nas escadarias da Faculdade de Medicina com uma capa estudantil a cobrir-lhe o corpo. A brutalidade do delito chama a atenção dos media, põe em alerta a polícia e deixa em choque o Pólo de Investigação (PI) da faculdade onde a vítima era colaboradora pontual. Crime passional? Ajuste de contas? Vingança? Inveja? Qual o móbil do crime? E qual o significado dos símbolos que o assassino fez questão de deixar marcados na vítima?

As suspeitas multiplicam-se e recaem em particular sobre a nova directora, Helena, uma neuropsiquiatra que regressa dos Estados Unidos, onde se especializou em casos de crianças com autismo, e que ingressou no PI exactamente no dia em que o primeiro crime é cometido.

No início da investigação, Helena vai tornar-se suspeita devido à aproximação a Gonçalo, o noivo da vítima, também ele um dos suspeitos do crime.

A proximidade entre Helena e Gonçalo deixará o investigador Raul em alerta e as perguntas irão suceder-se umas às outras: Será que se conheceram antes do regresso de Helena a Portugal? Teriam mantido um caso em segredo que os levasse a matar Ana? Por outro lado o estrangulamento e a capa estudantil não seriam elementos mais próximos dos crimes habitualmente cometidos por psicopatas? Ou teriam sido apenas uma forma de iludir a polícia?

No entanto, a suspeita da polícia será de certa forma deturpada por um sentimento que Raul é incapaz de controlar: a progressiva paixão que vai sentir por Helena. Na verdade, Helena-Raul-Gonçalo formarão um triângulo amoroso onde um dos lados será marcado pela cumplicidade (Helena e Gonçalo) e outro pela permanente tensão (Helena e Raul). Helena irá balançar entre os dois pólos, o racional e o irracional.

Entretanto, as suspeitas de que Gonçalo é o serial killer aumentam. Será que Raul, que nunca desistiu de conquistar Helena, conseguirá salvá-la? E se não for Gonçalo o assassino? Será que as desconfianças de Raul têm fundamento ou são apenas uma forma que o polícia encontrou de os separar? Na vida amorosa de Helena nem tudo é o que parece, cada passo, cada dúvida. Encurralado pelas suspeitas do investigador, Gonçalo vai acabar por fugir com a ajuda de Helena, o seu grande amor. Os dois vão tentar provar a sua “suposta” inocência. Como? Encontrando o verdadeiro assassino. Porém, tudo isto pode não passar de um estratagema de Gonçalo para enganar todos. Dizem que as grandes paixões são uma tragédia anunciada. Será este o destino de Helena?

No entanto, as investigações policiais vão sofrer uma reviravolta a partir do momento em que for cometido outro crime.

A vítima será novamente uma professora universitária que aparece estrangulada na faculdade com uma capa estudantil sobre o corpo, ou seja, um cenário idêntico ao do crime anterior. A tese do crime passional deixa assim de fazer sentido e a faculdade passa a ser um local onde impera o medo e o suspense.

A investigação entra assim numa fase determinante, com a polícia a juntar todas as informações recolhidas até ao momento, incluindo uma pista deixada no local pelo assassino. A partir daqui, tudo pode acontecer nesta história de amor e suspense…

Quem é Quem

Actor

Personagem

Sofia Alves

Helena

Pedro Carmo

Gonçalo

João Reis

Raul

Isabel Abreu

Sara

Luís Simões

David

Pedro Granger

Filipe

Duarte Figueiredo

Lucas

Cucha Carvalheiro

Carmen

José Boavida

Pacheco

Sara Prata

Rita

Pedro Carvalho

Jorge

Elenco Adicional

Actor

Personagem

Helena Costa

Ana

Patrícia André

Mafalda

Raquel Borges

Sofia

Mafalda Santos

Catarina

Duarte Grilo

PJ1

Sílvia Marques

PJ2

Descrição de Personagens

HELENA (Sofia Alves)

Viveu nos EUA durante vários anos e chegou recentemente a Portugal para desenvolver um projecto na área da sua especialidade – O Autismo – no Pólo de Investigação da Faculdade de Medicina. Não se sente bem recebida pelos colegas da Faculdade, nomeadamente pela reitora, pois acredita que esta se sente intimidada pelo facto de ser uma mulher inteligente, viajada e com formação. Mas o que realmente a assustou foi chegar ao trabalho e deparar-se com uma colega do Pólo, Ana, assassinada. É neste contexto que conhece o inspector Raul com quem vai ter uma relação conturbada e excitante.

Helena acaba por ser uma das principais suspeitas do crime, pois Gonçalo, o noivo da vítima, foi a sua grande paixão antes de partir para os EUA. Todas estas desconfianças serão motivo de conversa na cidade, o que a deixará profundamente revoltada. Afinal, ela acaba de regressar ao seu país, orgulhosa por ter contornado as graves dificuldades financeiras com que os seus pais sempre viveram, e mesmo assim conseguiu doutorar-se no estrangeiro. Helena, que sempre achou que seria bem acolhida na sua terra, acaba por ser alvo de suspeitas e recriminações.

GONÇALO (Pedro Carmo)

Gonçalo sobreviveu à selva que é crescer numa instituição pública, sem família, amigos e nenhum tipo de afecto. Apesar de tudo é hoje um homem bem sucedido. Dá regularmente acções de formação para ajudar os professores nas suas aulas. Ana, a sua noiva, também era professora, mas foi assassinada, o que o deixou de rastos. Não porque a amasse loucamente, Ana não era a mulher da sua vida, mas era uma excelente pessoa que gostava verdadeiramente dele e os dois davam-se bem.

Gonçalo e Helena vão se aproximando cada vez mais, criando uma nova relação de bem-estar e cumplicidade. Fragilizado, Gonçalo vai encontrar na neuropsiquiatra um importante apoio.

RAUL (João Reis)

É um polícia de terreno, gosta de acção e nunca se tinha deparado com um serial-killer, o que representa para ele um desafio. Apesar de consciente que não será fácil, Raul vive na certeza de que o vai conseguir apanhar. Não por ser arrogante, mas porque confia em si e nas suas capacidades. É um homem inteligente e considera que um psicopata é um doente e que por isso falhará a qualquer momento, devido à debilidade inevitável de quem está doente.

As mulheres não o largam, ainda está ligado à ex-mulher e vai viver uma relação conflituosa e excitante ao mesmo tempo com Helena.

A outra mulher da sua vida é Sara. Apesar de já estarem separados, ainda vivem juntos e Raul está farto das suas cobranças. Mas o centro das suas preocupações é o seu filho David, por ser autista. Apesar de ser um autismo ligeiro, é difícil conviver com ele, e Raul sente que o facto de nunca ter conseguido equilibrar a sua vida pessoal com a profissional, acaba por prejudicar o filho.

SARA (Isabel de Abreu)

Vitrinista de profissão, Sara decidiu separar-se de Raul por sentir falta de dedicação da parte dele.

Com o nascimento do seu filho David, a relação piorou porque para além de não gostar de um homem desleixado e desarrumado, Sara não quer para seu marido um homem que precisa de uma babysitter em vez de uma mulher. Por ser autista, David precisa de muita atenção o que acabou por afastar ainda mais Sara de Raul. Eles tornaram-se dois estranhos a viver na mesma casa, contudo, tinham uma excelente relação de cama a que Sara não consegue ficar indiferente.

DAVID (Luís Simões)

Sofre de autismo, mas num grau ligeiro. Vive na esperança de um dia conseguir ser mais ou menos autónomo, no entanto pensa que a sua mãe não acredita que será capaz. Sente que precisa de regras e rotinas e já aprendeu que quando há coisas com as quais não sabe lidar, a forma mais fácil de se desenvencilhar é através dos livros, que compra para saber como se deve comportar e segue à risca os padrões ali mencionados.

FILIPE (Pedro Granger)

Filipe é irmão de Lucas, um rapaz autista. A sua mãe divorciou-se do pai de Lucas enquanto ainda estava grávida e este abandonou-os. O nascimento de Lucas foi uma alegria para Filipe que sempre gostou de crianças. A sua vida era normal até ao dia em que foi diagnosticado Autismo no seu irmão, e foi neste mesmo dia que a sua mãe morreu num acidente de carro, depois de receber a notícia. Desde essa altura, Filipe vive para o irmão. Acabou com dificuldade o curso de Direito e tem tido poucos relacionamentos, porque nenhuma mulher quer ter uma relação com alguém com tantos problemas, no entanto é um lutador.

Segundo estudos desenvolvidos que tomou conhecimento, Filipe acredita que há uma forte possibilidade de Lucas ser autista devido a uma vacina aconselhada pela sua médica. Chegou a apresentar queixa contra o Estado português. Pretende abrir um centro para ajudar as crianças autistas e informar correctamente as respectivas famílias, porque, no seu entender, é preciso alguém consciente que alerte as pessoas. Para ele, a burrice é o maior mal da humanidade, é por isso que vai acabar por tirar Lucas do Pólo de Investigação da Faculdade de Medicina. Esse seu temperamento vai fazer com que a polícia desconfie que possa ser o assassino.

LUCAS (Duarte Figueiredo)

Lucas é autista e só olha nos olhos de quem sabe lidar com ele, como é o caso do seu irmão Filipe e algumas médicas do Pólo de Investigação da Faculdade de Medicina. Gosta de desenhar e de fazer tudo por uma determinada ordem. Odeia que lhe toquem e fica muito irritado quando lhe alteram os padrões, quando isto acontece torna-se agressivo e chega mesmo a bater.

Lucas assistiu ao assassinato de Ana e é o único que pode revelar a verdadeira identidade do serial killer.

CARMEN (Cucha Carvalheiro)

Foi uma rapariga tímida, marrona e excelente aluna a todas as disciplinas, que chegou à universidade ainda virgem e sem vida social. Não era feia mas não despertava interesse nos rapazes e era ignorada pelas raparigas. Tornou-se Reitora da Faculdade e é responsável pela contratação de professores. Gosta particularmente de ajudar as mais frágeis a integrarem-se no ambiente de trabalho. Detesta Helena, que entrou para a Faculdade sem a sua aprovação, acha-a arrogante e com a mania que é superior porque estudou nos EUA e vai fazer de tudo para infernizar a sua vida.

PACHECO (José Boavida)

É polícia há vários anos. Admira Raul e dá-se bem com ele porque também se considera competente e compensa a desorganização do colega. É uma pessoa que gosta de tudo impecável e organizado.

RITA (Sara Prata)

Rita foge de Castelo de Vide, não só devido a uma crise com o seu namorado, mas também por se encontrar desempregada. Muda-se para casa da sua irmã Helena que está de volta a Portugal. No entanto sente-se um pouco perdida e receosa, pois a sua maneira de ser é oposta à da irmã. Se a sua vida já não está fácil, vai ficar muito mais difícil quando Jorge, o seu namorado obsessivo reaparecer.

JORGE (Pedro Carvalho)

Jorge é perdidamente apaixonado por Rita e por ela é capaz de tudo. Na impossibilidade de a convencer a voltar com ele para Castelo de Vide, vai fazer a loucura da sua vida.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close