TVI

Manuela Moura Guedes desmente rescisão e ataca em todas as direcções

Depois de ontem noticiarmos uma alegada negociação entre a administração da TVI e Manuela Moura Guedes afim de se chegar a um acordo para uma rescisão do contrato da jornalísta, eis que hoje, em declarações ao Diário de Notícias, a ‘generala’ desmente por completo esta informação.

“Estou abismada. Acabei de comprar a revista e ainda não vi o texto lá dentro, mas desmenti aquilo. Eles gostam é de fazer títulos. Estas revistas auto-apelidam-se de jornalismo. É asqueroso”, afirmou indignada, reforçando a negação do suposto despedimento da TVI.

Nesta entrevista, Manuela Moura Guedes também teceu duras críticas ao actual jornalismo que se pratica na estação de Queluz: “O que me faz pena é ver a informação da TVI chegar onde chegou. Ver o trabalho todo que tivemos e ver esse trabalho perdido”. Manuela queixa-se assim da falta de conteúdo dos blocos informativos da TVI e consequentes maus resultados audimétricos que, segundo ela, são “a factura que estão a pagar da falta de credibilidade”, mas a mulher de José Eduardo Moniz diz mais: “A informação da TVI anda praticamente sempre em terceiro. É uma coisa que mete dó. Quando pegámos naquilo, a informação da TVI não tinha credibilidade, e agora está a voltar ao abandono. Foi a pouco e pouco. É muito triste. Não tem credibilidade, é feita de fait-divers”

Apelidando Júlio Magalhães, actual director de informação, de “um óptimo entertainer, não jornalista”, Manuela Moura Guedes criticou também a contratação de Marcelo Rebelo de Sousa que, segundo ela: “Foi um desastre. Nem isso funciona, tal a descredibilização que tem a TVI”

Um possível regresso em Setembro não está descartado nas palavras da ‘generala’, mas dependerá da opinião do médico que a segue que só assim garantirá se Manuela já ultrapassou por completo a depressão que sofreu pouco tempo depois de ter sido afastada do ecrã: “Tenho de me sentir bem para voltar ao ‘local do crime’. Claro que me sinto muito melhor, mas tenho de ter a certeza de quem me acompanha”

Quanto à alegada aproximação da jornalista à SIC, também vinculada na TV Guia desta semana, Manuela ironiza e remata: “Mesmo que fosse verdade, nunca falaria sobre isso”

  • SCarmo

    Bem haja TVI, sem manelinha guedes(moura,acenta bem), nem ana leal,(devia ser desleal),ainda bem que houve mudança…pois no tempo destas “generalas da treta”,as vítimas eram pessoas honradas!Agora como lhes caíu a desgraça á porta, já não gostam!
    O veneno que lançaram na reportagem, Escravatura do Século, á família Carmo,finalmente foi vingadao!
    Que Deus perdoe quem é IMBECÍL,MENTECAPTO,etc,etc…

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close