TVI

Luís Jardim acredita no sucesso de “A Tua Cara Não me é Estranha 2”

É já no próximo domingo que chega ao canal de Queluz de Baixo a segunda temporada do talent-show que tem dado nas vistas nos últimos tempos. Contudo, desta vez, a concorrência será mais forte. E se há quem defende que A Tua Cara Não me é Estranha pode vir a perder para Ídolos, há quem não receie o confronto.

Uma dessas pessoas é Luís Jardim. O presidente do grupo de jurados está mesmo confiante de que o programa da TVI vai continuar a levar a melhor sobre a concorrência. Para além de considerar que os dois formatos têm “audiências diferentes” e, portanto, “não vai fazer grande mossa”, o madeirense acredita que as pessoas com o tempo perdem o interesse pelo Ídolos.

“Nesta primeira fase eles vão tentar encontrar cromos e gente engraçada… mas infelizmente o ‘Ídolos’, como outros concursos só de canto, não tem funcionado em Portugal. Chega-se ao fim e não se cria uma estrela. Por isso não sei se o público vai embarcar na história de mais um ídolo que não vai vingar”, explicou Luís Jardim à Correio TV desta semana. Será que tem razão? Pelo menos no primeiro confronto foi A Tua Cara Não me é Estranha quem levou a melhor, mas com o passar do tempo pode começar a perder, até porque o grande confronto será com a estreia da nova edição, com os renovados talentos de Luciana Abreu, Merche Romero, Dora, Micaela, FF, José Raposo, Sílvia Rizzo e Manuel Melo.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close