TVI

Gravações de «Mundo ao Contrário» estão quase a terminar

mundo-ao-contrário-logo

mundo-ao-contrário-logo

Ao fim de 113 capítulos, Mundo ao Contrário, uma novela protagonizada por Margarida Marinho e Diogo Infante, termina com finais inesperados: ela vinga-se de Pedro, Sheila casa, César regressa, DT é morto e Sérgio cai no mundo das drogas.

Devido às fracas audiências, as gravações da trama terminam já no próximo mês, mais precisamente no dia 9 de agosto. De acordo com a TV Guia, já estão decididos os desfechos das principais personagens. «Optaram por um final realista. Apesar de muitos dos bons ficarem com quem amam, os maus também não são punidos», conta fonte da produção à revista.

E, contrariando as informações que foram divulgadas na imprensa, César Pina (Pedro Barroso) está vivo e promete colocar o bairro de novo no eixo certo.

  • lolipop

    Finalmente! Nem deveriam de ter começado

    • lolipop

      Que tristeza……..

      • candy

        lolipop, eu amo-te!!

        • lolipop

          e eu a ti!

          • candy

            Lolipop,nao fui eu que escrevi aquilo…

          • lolipop

            deixa estar esta gente é ridícula tens de colocar um avatar…

          • candy<3lolipop

            epah casem-se

    • candy

      Já deves ter notado que ninguém dá cartão aos teus comentários só sabes dizer mal por isso a tua opinião nem é contabilizada -.-

      • anonimooo

        ahah Boa resposta. 😉

      • lolipop

        é verdade -.-

  • António

    De bem longe a novela mais atractiva dos últimos anos, sendo certo que ainda contém alguns clichés e banalidades bem típicas das novelas portuguesas, sejam elas da TVI ou da SIC. Contudo, penso que se deve destacar claramente a linguagem da novela, a fugir ao tradicional, onde não há qualquer diferença nos mais variados extractos sociais retratados. Obviamente, um estrondoso destaque para a magnífica interpretação de Diogo Infante, sem esquecer Manuela Maria e o próprio Pedro Barroso, finalmente a dar mostras de algo mais que uma mera cara bonita, o típico da geração Morangos. Margarida Marinho mantém o seu bom registo, embora tivesse tudo para ter uma prestação mais agressiva com esta personagem. O personagem de Sara Barradas podia e devia ter sido mais explorado, sobretudo, o seu hobbie ligado ao “hacking”, sem no entanto esquecer que o seu par romântico atrapalha mais do que aquilo que ajuda. Também uma merecida nota de destaque para São José Correia e Miguel Guilherme, que têm uma relação bem interessante e divertida e onde o rapaz que interpreta um dos seus filhos, Saul, dá mostras que é de facto um bom valor da representação.

    Enfim, excelentes perspectivas, embora continuem a recorrer com enorme facilidade à banalidade típica das produções nacionais. Os 120 episódios são curtos, quando comparados com outras produções de maior renome, embora de menos qualidade. Contudo, olhando para aquilo que traz a nível de dinâmica, parece-me que os ganhos são óbvios, havendo pouco tempo para o enchimento de chouriços, outro costume das nossas produções. Ainda assim, o maior destaque vai mesmo para a linguagem usada, parecendo-me, com muito pena, que isso é apenas circunstancial, uma vez que com os fracos resultados atingidos, será difícil que torne a deixar apostar numa produção com estas variantes.

    Nota final: 7.3/10

    Cumprimentos

    • Sónia

      Boa tarde,

      É a primeira vez que comento, apenas para agradecer e enaltecer o seu comentário. Já sigo o site há bastante tempo e é uma pena que as caixas de comentários estejam infestadas de pessoas que apenas se preocupam com a guerra de audiências, ou os fanáticos SIC contra os fanáticos TVI. O seu comentário mostra que ainda existe alguma visão e inteligência na hora de analisar os produtos televisivos.

      Concordo com a generalidade das suas opiniões e gostei particularmente da nota atribuída à novela. Queria também chamá-lo à atenção para o personagem que surgiu esta semana, o DT, pois creio que será uma adição muito boa ao enredo, tendo eu pena que a sua entrada não seja acompanhada com uma disputa mais a sério pelo poder no bairro da pedra com César, personagem de Pedro Barroso.

      Obrigado por trazer alguma frescura a esta caixa de comentários,
      Sónia

    • noname

      Concordo em grande parte com o que disse.

      Parece me a mim que o elenco foi muito bem escolhido, a escolha de seleccionar o Diogo Infante como protagonista foi muito inteligente (não imagino um ‘zé carlos pereira’ a representar uma personagem tão complexa como é ‘Pedro’). Quanto a Margarida Marinho não desilude, mas também não me impressionou. O núcleo do bairro parece me que foi o mais sólido, a Manuela Maria tem tido uma grande prestação, o Pedro Barroso que, na minha opinião teve um dos papeis que vai para sempre recordar, tem sido sublime na maneira como representa uma pessoa do bairro (os tiques, a maneira como fala, a própria expressão corporal). O Miguel Guilherme nem vale a pena dissertar, é dos melhores na representação. Uma ultima nota à prestação do Diogo Branco (‘Maneca’) tem pouca experiência na representação em televisão e é claramente um valor seguro (basta comparar esta personagem com a que fez nos MCA).

      Esta produção e, sobretudo este elenco mereciam mais tempo de antena, ainda mais, quando a outra novela da TVI, Destinos Cruzados tem sido um antro de discussões e de actrizes a quererem mais atenção e fama.

      A única vantagem de a novela só ter 120 episódios, é que estes vão dotar certamente de mais acção.

      Nota Final: 8/10

    • Maria João

      Fico na dúvida se se a novela fosse logo a seguir ao telejornal os resultados seriam assim tão baixos ao nível das audiências…o fim desta novela para mim é revoltante, porque, na miha modesta opinião, os fracos resultados são fruto da falta de linhas orientadoras por parte da programação da TVI.´É a grande diferença entre a TVI de hoje e a TVI do Moniz.

  • Tiago Santes

    Sou um grande fã das novelas da SIC, mas tenho a admitir que “Mundo ao Contrário” encheu as medidas da qualidade em novelas. As fracas audiências devem-se à concorrência, já que “Avenida Brasil” é um produto também diferente e capaz de prender multidões aos ecrãs. De qualquer maneira, a TVI tem que apostar cada vez em novelas dessas, diferentes e marcantes! O ter sido reduzida, não é sinal de insucesso, mas sim de estratégia, de modo a não “enjoar” os espectadores (DD tem feito cada vez mais isso). Estão de parabéns!!

    • candy

      A razão para não serem feitas mais novelas destas é porque muitas vezes as pessoas não assistem,apesar de a novela estar na liderança se bem se lembram foi difícil já que era um tipo de novela que os espectadores não estavam habituados (drogas,crime,sexo,demasiada realidade) e o final de novo vai ser uma coisa bem diferente já que se diz que os bons muitos deles vão ficar mal e muitos dos malvados vão sair em pune, então até o final vai ser diferente do habitual 🙂 Em relação a DD acho que a novela (eu não vejo) mas com certeza que a novela já vai a arrastar já que não é possivel não o fazer com o tempo de antena que já teve,Espero que MaC continue com as boas audiencias 🙂

  • Ricardo

    Ainda bem que vai ter pouco episodios assim nao “enche chouriços” … Eu acho que este novela foi de uma das melhores (pra nao dizer melhor) novela portuguesa de sempre. Mas como a ignorancia do povo portugues que é baseado em Idosos que só vêm a novela onde a má quer o menino rico bem comportado que gosta da menina pobre, já se adivinhava que não iam ver o MaC. (O mesmo se passou com “Sedução”) Mas pronto, é uma novela merecedora de um Emmy ou pelo menos uma Indicação.
    (É claro que o MaC tem os seus clichés…)

    • aferreira

      concordo, o mal e o horario se o horario mudasse tinham mais audiencias

  • Mafalda

    Eu acho que esta novela não teve a audiência que se esperava porque é muito realista mas também está cheio de lutas, pessoas más, e muitos palavrões que são coisas que as pessoas não gostam as pessoas gostam mais das novelas em que existem os grandes amores que depois de lutarem muito ficam juntos e felizes para sempre, onde os maus são punidos, e por causa do horário da novela dá muito tarde, mas penso que se a novela fosse transmitida mais cedo que até ia ser uma novela com boas audiências!

  • lolipop

    quando a novela acabar vou chorar muito e vou ter de ir para o julio de matos porque vou ficar maluca 🙁

  • Ana

    Tenho pena do sergio, nem todos os que são de bairro caiem na droga e ele poderia ser um exemplo na vez de ser mais um… colocar o sergio no mundo da droga dá a ideia que a força de vontade não adianta que querer ser “diferente” do que nos rodeia não adianta

  • Tiago

    Bem é pena que vá acabar pois esta novela e muito melhor do que a nova a “I LOVE IT” que nem devia ter começado, não tem piada nenhuma ao contrario de O mundo ao contrario que fica sempre aquele bichinho de ver o próximo episódio. É uma novela que dá gosto de ver, para mim e das melhores que a TVI transmite nos últimos anos.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close