TVI

Francisco Penim explica sucesso de «A Tua Cara Não me é Estranha»

Responsável por sucessos da SIC como Floribella ou Vingança, o antigo diretor de programas de Carnaxide, que se prepara agora para regressar ao ativo como coordenador de programas da Correio da Manhã TV esteve à conversa com a revista Nova Gente sobre o sucesso de A Tua Cara Não me é Estranha.

“O Goucha e a Cristina têm mais sucesso pois a sua experiência em diretos é maior do que a da dupla rival (Cláudia Vieira e João Manzarra).  Fazer televisão em direto é muito diferente e mais difícil do que quando podemos cortar e gravar de novo, o que torna a dupla da TVI imbatível e os resultados vêm-se nas audiências. É impressionante pois A Tua Cara Não me é Estranha chega a ter o triplo do resultado do Ídolos”, começa por dizer Francisco Penim, acrescentando que o suspense que existe no formato da TVI também é bastante importante: “O facto de deixar o anúncio para o fim, que é o qu as pessoas mais querem saber prende-as ao ecrã, o que é bom para as audiências”, conta.

A terminar, Penim fala de fazer renascer sucessos do passado: “A TVI está a aproveitar formato que não são propriamente novidade, mas utiliza figuras públicas como participantes, o que é à partida uma fórmula garantida. Fala-se muito de saturação pelo esticar do programa, mas isso é uma autêntica parvoíce. É como os Morangos todos os anos se falava do seu fim, o que é facto é que tinham um público assíduo”, finaliza.

 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close