TVI

Filipe de “Secret Story 2” foi salvo por um milagre

Filipe SS2

A cada semana que passa, mais segredos vão sendo revelados pela imprensa. E depois de a TV Guia anunciar o segredo de Fanny, é a vez de a TV 7 Dias desvendar o de Filipe.

Segundo esta publicação, o alentejano foi salvo por um milagre. “Ele teve um acidente terrível, de carro, perto de Abrantes. Não teve culpa – numa curva, vinha um camião de distribuição, outra carrinha grande ultrapassou o camião e ele enfaixou-se com a Kangoo debaixo dela. Foram três horas e meia só para o desencarcerar”, começa por dizer a mãe de Filipe à referida revista.

“O acidente foi às 06.00 H da manhã do dia 8 de maio e ele foi operado no Hospital de Abrantes às 15.00 H, depois de helicóptero e as pernas, ficou sem oxigénio, com os pulmões completamente brancos. O primeiro raio X com os pulmões a escurecerem foi uma alegria! O que lhe valeu foi aperceber-se do que ia acontecer e desviar a cabeça, senão tinha morrido logo ali”, prosseguiu Justina Tibúrcio, acrescentando que o filho chegou a ser dado como morto e que a própria levou a roupa para lhe vestirem no caixão.

“Esteve à morte durante um mês e meio, e os médicos diziam-me sempre que no dia seguinte ele já lá não estava, não se safava, mas eu ia e vinha todos os dias – em muitos, nem me deixavam entrar, porque ele tinha tido uma convulsão ou outra coisa qualquer. Durante uma semana e tal fui com o meu marido, mas depois ele teve de ir trabalhar e eu ia sozinha, a minha filha Telma acompanhou-me uma vez ou outra, ela estava a terminar o curso de enfermagem e hoje exerce no Porto”.

A terminar, a progenitora de Filipe não acredita que esta situação foi um milagre: “Eu sou católica, mas não sou chantagista com Deus, fazia as minhas orações… A recuperação dele pode ter sido um milagre, mas a mim nunca me passou pela ideia que ele morresse! Ainda por cima estávamos no mês de Maria e gerou-se aqui na terra um grande cordão a pedir por ele. Às pessoas de Gavião devo-lhes a disponibilidade e a solidariedade demonstradas”, concluiu.

/* ]]> */