TVI

Ficção brasileira elogiada por António Barreira

Desde que se soube que a SIC e a TV Globo fizeram uma parceria para produzir formatos de ficção que muita tinta tem corrido na imprensa.

Se, por um lado, da TVI surgem acusações de a concorrente se preparar para “abrasileirar” a ficção nacional, da estação de Carnaxide vem o desejo de superar a concorrência.

Não entrando em polémicas, o autor de Meu Amor elogiou esta semana, em entrevista à TV 7 Dias, um dos pontos-chave das telenovelas do país irmão, que muito gostava que existisse em Portugal.

Tudo foi dito, quando lhe perguntaram qual o motivo pelo qual escreveu vários finais para a sua mais recente produção: “Obviamente que faço vários finais por vossa causa”, revelou, referindo-se à imprensa, acrescentando depois: “Se fosse como na ficção brasileira, em que as cenas-chave são gravadas à tarde para serem exibidas à noite… Obviamente que aí vocês não iam ter hipóteses de furar o esquema.”

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close