TVI

Fernanda Serrano não aceitaria fazer uma personagem com uma doença grave

Foi há mais de quatro anos que a atriz travou uma dura luta contra um cancro da mama. Recuperada e com um novo projeto em mãos, a Violeta de Louco Amor, Fernanda Serrano admite em grande entrevista à Notícias TV desta semana que não aceitaria fazer em ficção uma personagem com uma doença grave.

“Não sei, mas acho que não aceitava. Primeiro, acho que iria pensar que podia sr um aproveitamento, no sentido de utilizar gratuitamente, vender uma personagem através da atriz”, começou por dizer a estrela da TVI, acrescentando: “segundo, iria pensar que seria uma maldade fazerem-me passar por aquilo novamente, porque só se conseguem construir situações e determinados momentos imaginando-os, existem inúmeras técnicas, mas se não o sentirmos genuinamente o público vai perceber isso. Ia ser muito doloroso fazerem-me passar novamente por aquilo. Terceiro, iria, depois, achar que era um desafio, que eu iria ou não querer ultrapassar. E quarto, iria desistir porque não me iria propor a tal”.

A terminar, Fernanda Serrano falou sobre o controlo da sua doença: “é sempre muito relativo dizermos isso. Eu tenho feito tudo de acordo com aquilo que me é pedido, que clinicamente o protocolo exige, rotinas, exames. Da minha parte não tenho falhado com nada. É ter sorte e confiar que tudo irá correr bem”, finalizou.

  • Nerdist

    A Fernanda Serrano já fez uma novela (Queridas Feras) em que a protagonista que ela interpretou teve cancro da mama. Portanto, ela já o fez, apenas não o voltaria a fazer.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close