TVI

Fascínio pela Índia

A telenovela ‘Fascínios’ que estreia na TVI na próxima segunda-feira, dia 26, e que irá substituir a líder de audiências, ‘Ilha dos Amores’, tem como trunfos um grande elenco, belas imagens, uma grande banda sonora e diversos fascínios existentes na Índia e em Lisboa.

António Barreira, coordenador da equipa da Casa da Criação e autor da novela ‘Fascínios’, afirma: “Esta história é só alma. Aborda temas místicos e esotéricos, como o karma e a reencarnação.”
“Foi a TVI que fez a escolha final do nome da telenovela, que era para se chamar ‘Imperius’ ou ‘Imperium’, o que estava de acordo com o nome da loja do protagonista masculino, ‘Óscar’ (João Perry), dono do poderoso grupo Ventura”, explica António Barreira.

Para o autor, “o nome ‘Fascínios’ também é muito adequado, uma vez que a novela aborda o fascínio pelo dinheiro, pelo Oriente e pelo desconhecido”.
António Barreira sublinha: “Pus as personagens indianas a utilizarem alguns termos típicos em hindi, que não vão ser legendados. O mais comum é ‘namaste’, utilizado como saudação, em vez do nosso ‘bom dia’ ou ‘boa tarde’”. Aliás, o termo ‘namaste’ vai mais longe do que um simples cumprimento, uma vez que é entendido pelos indianos como uma forma de saudar o divino que há no outro.
Dois personagens fulcrais em ‘Fascínios’ são ‘Nalini Rajgar’ (Mariana Monteiro) e o seu pai ‘Raul’ (Rogério Samora), que é filho de ‘Óscar’ e ‘Kali’ , e adoptou o nome de ‘Yash Rajgar’. Pai e filha foram criados na Índia e a cultura daquele país influencia-os ao longo do tempo, mesmo quando regressam a Portugal. Curioso é que ‘Nalini’ vai encontrar no português ‘Salvador’ (Pedro Granger) um companheiro que percebe já se ter cruzado consigo em várias vidas, “embora nem sempre como namorados. As vidas passadas são o karma (Lei do Karma atribui a cada acção uma reacção) das suas vidas presentes”, frisa o autor.
“Creio que o Mundo está cada vez mais místico e esotérico. As pessoas questionam-se cada vez mais sobre temas como a reencarnação”, sublinha António Barreira.

AUTOR GOSTA DO GENÉRICO
A TVI escolheu para genérico de ‘Fascínios’ o tema ‘Encosta-te a Mim’, de Jorge Palma.
Para António Barreira, “parte da letra retrata a trajectória do protagonista, ‘Óscar Ventura’”: ‘Chegado da guerra/Fiz tudo p’ra sobreviver/Em nome da terra/No fundo, p’ra te merecer/Recebe-me bem/Não desencantes os meus passos/Faz de mim o teu herói/Não quero adormecer’. “É uma das canções da minha vida”, disse.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close