TVI

Famosos apoiam “Perdidos na Cidade”

Perdidos na Tribo Final

A hipótese de a estação de Queluz de Baixo apostar em outro formato bem ao estilo de Perdidos na Tribo, mas com os nativos a visitarem o nosso país começa a ganhar cada vez mais forma, a avaliar pela vontade dos diferentes concorrentes.

É em entrevista à edição desta semana da revista Notícias TV que Vera Ferreira confirma que te feito pressão junto dos responsáveis da TVI para que tal programa avance: “Estou a fazer pressão para a TVI fazer o Perdidos na Cidade e não vou desistir. Gostava muito. Largava tudo e ia”, frisou a antiga participante de Secret Story, acrescentando ainda que “Portugal é um país tão bonito para mostrar”.

Já Mafalda Teixeira também concorda com a ideia da colega: “Não tenho dúvidas de que seria giríssimo poder receber cá os povos indefesos. Há até quem na rua me interrogue sobre isso”, afirmou à referida revista. A atriz até já sabe onde os levaria: “Lisboa e Porto são cidades muito bonitas. Seguramente que os levaria a conhecer o Mosteiro dos Jerónimos”, mas há mais: “Também os levaria a uma sessão de cinema 3D e ao teatro. E, claro, quanto a comidas levava-os a comer feijoada, para sentirem um verdadeiro choque”.

Quem também partilha da mesma ideia é Jorge Kapinha: “Se para mim já foi uma aventura viver entre eles, imagine-se o que sentiriam aquelas pessoas que vivem ‘no fim do mundo’ num centro comercial ou, quem sabe, diante de um automóvel e de um televisor”, frisou.

Ainda assim, Sérgio Vicente acredita que este projeto não possa ser concretizado pela TVI: “Não é fácil trazê-los. Eles não têm um documento de identificação e as autoridades ainda se regem muito por favoritismo…”.

  • Brmichael

    Já deu em Espanha e eu acompanhei!Não é novidade:três elementos de cada tribo iriam viver para casa dos famosos pelo mesmo tempo em que lá estiveram.Em Espanha eram famílias anónimas,cá como cada famoso tem a sua casa,não sei como fariam…além de que nem todos os famosos iriam querer mostrar a sua privacidade ao país!E eu respeito isso!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close