TVI

Faltas e atrasos podem afastar Pedro Barroso de «Mundo ao Contrário»

pedro barrosoPedro Barroso tem dado faltas injustificadas e chegado atrasado às gravações de Mundo ao Contrário. A equipa da novela está farta do comportamento do ator e já se fala, novamente, do seu afastamento da produção.

O ator, que dá vida a César Pina em Mundo ao Contrário, já chegou a faltar o dia inteiro aos trabalhos da novela, sem dar conhecimento a alguém, e no dia seguinte justificou a ausência com doença súbita. «Tentaram ligar‑lhe e ele nunca atendeu», disse fonte da produção à TV 7 Dias. Uma semana depois o ator voltou a faltar sem avisar e provocou o caos no set das gravações, que decorriam na zona de Sacavém, perto de Lisboa. «Ele só tinha de entrar à tarde e mesmo assim faltou, o que é estranho, porque no dia anterior esteve na apresentação e a seguir foi jantar», disse um dos elementos que gravam a novela com o ator. Com esta segunda falta, «Tiveram de alterar tudo e chamar atores que não era suposto estarem a gravar nesse dia. Mas isto não é novo, já é assim desde os Morangos. Só nesta já faltou pelo menos umas três vezes e nos dias em que aparece, chega atrasado às meias horas. É tudo à espera dele! É outro José Carlos Pereira!», desabafou, acrescentando que «é injusto para quem está aqui a tempo e horas para gravar».

No elenco, ninguém percebe como é que o ator falta e não lhe acontece nada, visto que há muito dinheiro envolvido. «Um dia de gravações na rua representa muita despesa. São 30 a 40 pessoas, sem contar com os atores, e por causa dele fica tudo parado e ninguém trabalha. Ele entra em várias cenas, com vários atores. Se ele não aparece, não se faz nada! Ainda na terça‑feira ninguém gravou porque o menino não apareceu nem deu cavaco. Nem sequer atendeu o telemóvel e quando a produção conseguiu falar com uma pessoa da família dele, deram uma morada errada.», contou fonte próxima da estação. «A avó dele morreu três vezes na Doce Tentação… Já a matou três vezes. E, afinal, a mulher ainda está viva! Despede‑se gente que trabalha e que ganha meia dúzia de tostões e ficam estes!», disse um técnico, indignado.

Luís Esparteiro, diretor da Plural, não gostou do sucedido e nos corredores da produtora diz‑se que Pedro Barroso pode ser, novamente, afastado antes de tempo de uma produção da TVI. Já em Doce Tentação, a sua personagem, Miguel Vieira, saiu mais cedo de cena por causa dos sucessivos atrasos e das faltas injustificadas do ator ao trabalho.