TVI

Dispensada de «Louco Amor», Isabel Medina acusa Plural: «trataram-me mal»

O sucesso de Dancin’ Days continua a dar do que falar e, ao que parece, nos corredores de Queluz de Baixo, há já medidas a serem tomadas que não têm agradado aos atores.

A mais recente prende-se com a dispensa de Isabel Medina, a Custódia da trama, que se junta a Suzana Borges (Leonor). Uma medida que não agradou à primeira, que, em conversa com a revista TV Guia não poupou nas críticas: “A minha personagem, assim como a da Suzana, era para ir até ao fim, pelo menos até outubro, mas subitamente mataram a Leonor. Disseram-me que a personagem já não tinha mais história”, começa por dizer Isabel Medina, acrescentando: “A razão é simples. Eles querem pôr os exclusivos da estação a trabalhar e, como a minha ligação à TVI é apenas emocional, dispensaram-me”, conta.

Mas a Custódia de Louco Amor vai mais longe e diz-se mesmo “magoada com a Plural”, acrescentando que “Trataram-me mal!”.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close