TVI

«Destinos Cruzados» tem muitas semelhanças com antiga novela brasileira

destinos-cruzadosDestinos Cruzados estreou este ano na TVI e a trama assinada por António Barreira tem muitas semelhanças com a novela O Outro de Aguinaldo Silva, produção da TV Globo de 1987. As coincidências começam logo na personagem principal das duas histórias, em que ambas têm um sósia.

O autor brasileiro, Aguinaldo Silva, em 1987, confessava que se tinha inspirado no filme O Terceiro Homem de Carol Reed, para escrever O Outro. «Um dia estava revendo O Terceiro Homem, que eu adoro, cuja história fantástica começa quando um homem, que foi a Viena para o enterro do seu melhor amigo, vê alguns dias depois alguém exatamente igual àquele que tinha visto ser enterrado… E se esse cara da imobiliária começasse a encontrar alguém parecido com ele? E se um homem pobre, de repente, ocupasse o lugar de um homem rico, uma coisa meio para o Príncipe e o Mendigo? Assim nasceu O Outro.», disse Aguinaldo Silva nessa época. Por sua vez, António Barreira contou, recentemente, que teve a ideia para escrever Destinos Cruzados quando um amigo lhe disse que tinha estado à conversa com alguém parecido consigo fisicamente. «Quando nós temos uma boa ideia há que passá-la para o papel imediatamente, registá-la e mandá-la a quem de direito porque nunca se sabe quando é que entra em linha de produção», disse o autor português à imprensa, segundo avança a TV 7 Dias.

Mas as coincidências entre Destinos Cruzados e O Outro são muitas. Apesar de na novela brasileira as personagens principais serem dois homens e na produção portuguesa duas mulheres, o conceito é o mesmo: um dos sósias é rico e o outro tem uma vida mais modesta. No primeiro episódio d’ O Outro, Paulo (Francisco Cuoco) vive sem saber que tem um sósia, Denizard de Mattos (também interpretado por Francisco Cuoco). Os dois encontram-se, por acaso, na casa de banho de uma bomba de gasolina, pouco tempo antes do local explodir e se incendiar. Resgatado do local no lugar de Paulo, Denizard acaba por ser confundido com aquele e passa a ocupar, então, o lugar do empresário. Mesmo depois do segredo ser descoberto, a farsa é mantida por interesse dos adversários, que desejam tomar o poder do sósia. E Paulo, sabendo da troca de identidade, decide usar esse fator para retomar o seu lugar de direito. No caso de Destinos Cruzados, Laura (Alexandra Lencastre) rouba a família e foge, mas o seu carro fica sem gasolina e isso fá-la parar numa bomba de gasolina. Lá, encontra a sua sósia, Sílvia (também interpretada por Alexandra Lencastre), que trabalha no local. Entretanto, dá-se uma explosão e Sílvia é confundida com a milionária, sendo levada no seu lugar para o hospital. Ao saber que toda a família já sabe a verdade a seu respeito, e descobrindo que Sílvia perdeu a memória, Laura aproveita-se da troca entre as duas.

Mas as coincidências não ficam por aqui. N’ O Outro, um dos sósias é casado pela segunda vez com uma mulher, Laura (Natália do Valle), sendo esta odiada pela filha do marido que está prestes a casar-se com um vigarista, João (Miguel Falabella); em Destinos Cruzados, Jaime (Vírgílio Castelo), que é casado com Laura (o mesmo nome da personagem da novela brasileira) que tem uma má relação com a filha. Na produção da TV Globo, o outro sósia, Denizard, mora num bairro simples e é dono de um ferro-velho; na novela portuguesa, a sósia Sílvia mora também num bairro simples e a sua família é dona de uma oficina. Até a governanta da novela O Outro faz lembrar Isadora, personagem de Sofia Alves em Destinos Cruzados: Wilma (Arlete Salles) tem uma ligação muito profunda com Paulo. Um segredo pode ser o motivo da sua austeridade.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close